E aí Michael, vai comprar? Foto: reprodução.

Com os rumores de um possível fechamento de capital, a Dell teve nesta segunda-feira uma valorização de 13% em suas ações, chegando a US$ 12,29 na bolsa eletrônica Nasdaq.

Segundo reporta o Financial Times, a fabricante de PCs está negociando com fundos de private equity uma possível compra do seu capital aberto.

Segundo o jornal, fontes ligadas a estas conversações confirmaram o fato, mas não deram maiores detalhes sobre o plano da Dell.

Além disso, de acordo com analistas, o prospecto da compra de capital da firma presidida por Michael Dell é vista com desconfiança.

Conforme explica o jornal, a companhia conta com um valor de mercado de aproximadamente US$ 21 bilhões. O fechamento deste capital resultaria na maior compra do mercado desde a crise financeira de 2008.

Além disso, o mercado mundial de PCs não anda assim tão bem das pernas para justificar um investimento tão grande, observa o periódico.

A Dell passa por dificuldades financeiras e foi ultrapassada pela Lenovo, perdendo a liderança entre os maiores fabricantes de PCs, segundo levantamento do Gartner.

No entanto, a decisão de fechar o capital pode ajudar no plano de reestruturação da companhia, que quer se estabelecer como uma fornecedora de serviços de TI de ponta a ponta, saindo da sombra do hardware..

Mesmo assim, no terceiro trimestre do ano fiscal de 2012, a Dell contabilizou perdas em todos os seus setores, com queda de 47% no lucro líquido e de 11% na receita.