Paulo Magnus. Foto: divulgação.

A MV, empresa brasileira especializada em sistemas de gestão de saúde, anunciou nesta quinta-feira, 15, a aquisição de 100% dos ativos da Consulfarma, desenvolvedora de soluções para secretarias municipais de saúde e consórcios do segmento.

Com sede em Cascavel e 16 anos anos de mercado, a Consulfarma tem em seu portfólio softwares de marcação de consultas, gestão do estoque de medicamentos, gerenciamento de informações sanitárias, controle das notificações dos agravos e investigações epidemiológicas.

Segundo dados divulgados pela própria MV, a empresa adquirida possui mais de 120 municípios clientes, em oito estados brasileiros. O valor da aquisição não foi aberto.

A Consulfarma tem ampla experiência na gestão pública e se destaca por ser a única empresa do segmento que realiza o monitoramento estatístico periódico das informações de saúde dos municípios clientes, contribuindo para a melhoria da gestão e transparência no uso dos recursos públicos.

“Este é um importante passo para a Consulfarma. Ao fazer parte da MV, ganhamos mais força no mercado”, afirma Mauro Franco, executivo da Consulfarma que continuará à frente da empresa.

Conforme destaca Paulo Magnus, presidente da MV, a aquisição foi formalizada no final de dezembro e reitera a missão da MV em tornar a gestão de saúde mais eficiente, humanizada e sustentável, além de fazer parte da estratégia de consolidar o mercado de softwares para a saúde.

"Esta aquisição fortalece a atuação da MV junto à população usuária dos sistemas de saúde, melhorando a qualidade de vida das pessoas", avalia o presidente.

Com a aquisição, a MV reage ao pacote de compras realizado pela Pixeon, companhia concorrente no mercado de softwares para saúde. Em 2014, a Pixeon anunciou as compras da LabLink, de interfaceamento de equipamentos laboratoriais, e da Medicware, provedora nacional de sistemas de informação para hospitais

Com mais de 800 clientes no Brasil, na África e na América Latina - entre hospitais, operadoras de planos de saúde e saúde pública – a Mv conta com um total de 100 mil médicos e 250 mil profissionais usando as plataformas da empresa.

A edição de 2013 do Anuário Série Estudos Tecnologia Software apresentou a MV na 3ª posição do ranking que reúne as 50 maiores empresas de software nacionais. Em 2012, a empresa ocupava a 5ª posição e teve faturamento de R$ 154 milhões.