Gustavo Caetano, CEO da Samba Tech. Foto: Divulgação.

A Samba Tech, especializada na gestão e distribuição de vídeos online, se tornou parceira global da Harvard Business School e participa do programa FIELD (Field Immersion Experiences for Leadership Development), que consiste no intercâmbio de experiências entre alunos de MBA e empresas  com o objetivo de criar novas soluções e resolver problemas reais.

O programa teve início no final de setembro de 2015 e, no mês de janeiro, durante oito dias, seis alunos de MBA da Harvard estiveram na sede da empresa em Belo Horizonte para conhecer a cultura local e o projeto. 

Para isso, a Samba Tech selecionou a Kroton, maior grupo de educação do mundo,para que fossem criadas novas soluções complementares ao que a Samba Tech já oferece à instituição. 

A missão desses alunos será aprimorar produtos e identificar oportunidades de inovação que possam ser implementadas na prática, até setembro deste ano. 

“Já temos uma parceria global com o MIT há oito anos, no G-Lab Sloan, focado no B2B. Dessa vez, optamos por um programa focado no B2C e escolhemos a Kroton como a parceira para essa iniciativa. Dessa forma, conseguimos melhorar toda a experiência dos alunos ao consumir o conteúdo EAD na plataforma da Samba”, completa o CEO da Samba Tech, Gustavo Caetano. 

Segundo o vice-presidente de Inovação & Negócios da Kroton, Paulo de Tarso, a organização propôs um projeto sobre o mercado brasileiro de cursos livres.

“Sentimos que a busca por esse formato de aprendizagem cresce cada vez mais no país. Esperamos que apareçam ideias inovadoras que aprimorem ainda mais a experiência de nosso aluno, bem como nos traga diferenciais competitivos no setor”, complementa.

O Samba Group foi formado em maio de 2013, com o plano de dobrar seu faturamento em dois anos. A empresa tem investimentos da DFJ FIR Capital.

No ano passado, a Samba Tech foi certificada pelo Google e passou a ser a primeira representante brasileira homologada como Video Technology Partner para as soluções de gerenciamento de anúncios DoubleClick for Publishers (DFP) e DoubleClick AdExchange(AdX).