A Fapesc quer fomentar a cooperação com empresas de Berlim, na Alemanha. Foto: TTstudio/Shutterstock.

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) lançou um edital focado em empresas do estado que tenham interesse em apresentar projetos viabilizadores de inovação com tecnologias ópticas avançadas como lasers, fotosensores ou fibras ópticas. 

O programa vai investir até R$ 600 mil nas companhias e tem o objetivo de fomentar a cooperação técnico-científica-empresarial com empresas de Berlim, na Alemanha. 

As inscrições de propostas podem ser feitas na plataforma da Fapesc do primeiro ao último dia de cada mês de 2016, sendo aceitas no mês subsequente à apresentação.

O edital contempla empresas privadas de pequeno ou médio porte que operem há mais de um ano em Santa Catarina. É necessário experiência no desenvolvimento de produtos, processos ou sistemas inovadores envolvendo fotônica. 

A inscrição exige uma carta compromisso da empresa berlinense parceira - ou outra entidade alemã - expressando o interesse no projeto e se comprometendo com o esforço econômico para o desenvolvimento dos trabalhos.

Cada projeto viabilizador de inovação terá duração de até 12 meses e receberá recursos de até R$ 60 mil, por meio de subvenção econômica. A verba da Fapesc será para custeio com materiais de consumo, serviços de terceiros, passagens e diárias.