Baguete
InícioNotícias> Schneider de volta no TJ-RS

Tamanho da fonte:-A+A

MOVIMENTO

Schneider de volta no TJ-RS

Maurício Renner
// quinta, 15/02/2018 10:28

Luis Felipe Schneider acaba de reassumir a posição de diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

A área de TIC do Tribunal de Justiça do RS tem nova liderança.Foto: TrekEarth/MarcioGonçalves.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pelo TJ-RS por meio da sua assessoria de imprensa.

Schneider foi substituído no cargo em abril do ano passado por Frederico Henrique Goldschmidt Neto, que atuava como supervisor de Informática do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, mas seguia atuando no TJ-RS. Goldschmidt Neto retorna agora ao TCE.

A volta de Schneider coincide com a entrada do desembargador Carlos Eduardo Zietlow no cargo de presidente para o TJ-RS para o biênio 2018/2019.   

Schneider é um funcionário de carreira do TJ-RS, onde entrou como analista de sistemas, para assumir o comando em 2008, substituindo Eduardo Arruda.

O comando a TI do TJ-RS não exibe a rotatividade frequente na posição em outros segmentos. Arruda permaneceu no cargo 10 anos, saindo para iniciar uma carreira como empreendedor.

A mudança no comando da TI do TJ-RS no ano passado aconteceu em meio a reclamações da OAB-RS sobre problemas no funcionamento do processo eletrônico da justiça gaúcha.

Uma audiência pública sobre o tema atraiu dez mil advogados na sua versão online.

Os advogados reclamaram de problemas como instabilidade do sistema, demora para ajuizamentos de ações, atendimento e infraestrutura.

Mesmo assim, o TJ-RS pode ser considerado uma instituição de ponta entre os seus pares: é o único tribunal estadual a atingir 100% de eficiência no Índice de Produtividade Comparada da Justiça (IPC-Jus). 

Maurício Renner