Rodrigo Fragola,CEO da Aker. Foto: Divulgação.

A Aker Security Solutions, focada em tecnologias de segurança digital, e a N-Stalker, empresa exportadora de segurança cibernética focada em ataque e identificação de vulnerabilidades com atuação em 28 países, acabam de concluir um processo de fusão.

Com a união, a nova empresa passa a contar com 136 colaboradores e uma rede de 200 parceiros no Brasil, além de 30 no exterior.

A operação inclui laboratórios de pesquisa & desenvolvimento e engenharia de software, estrutura multilingual de suporte, academia de treinamento e certificação profissional e biblioteca internacional de aplicações e casos de sucesso.  

Em 2016, a Aker teve crescimento de 16%, enquanto a N-Stalker cresceu 20%. A nova companhia planeja crescer 30% em 2017, com mais de 10 mil dispositivos de segurança comercializados e protegendo aproximadamente 100 mil usuários no Brasil e no exterior. A expectativa é de que 10% das receitas totais sejam provenientes do mercado externo.  

Alguns dos clientes internacionais são as agências governamentais dos EUA, a Marinha da Inglaterra e as Forças Aéreas da Inglaterra e da Espanha.

A solução de diagnóstico e gestão de vulnerabilidades da N-Stalker passa a se combinar com as soluções de defesa da Aker, tais como Firewalls, Firewall de Aplicações Web e Sistemas de Prevenção de Intrusão (IPS). 

O atual CEO da Aker, Rodrigo Fragola, prossegue como CEO; e o CTO da N-Stalker, Thiago Zaninotti, permanece no cargo, liderando o desenvolvimento tecnológico dos produtos da Aker/N-Stalker. 

A aproximação estratégica foi mediada por uma equipe de analistas de mercado especializados em empresas de TI sob o comando da gestora de fundos Invest Tech, cuja carteira de investimentos no Brasil supera os R$ 230 milhões distribuídos por companhias nacionais de ponta.

"A União da Aker com a N-Stalker deverá impactar fortemente o mercado brasileiro de segurança, já que seremos a única empresa local e independente com tecnologia própria em todo o ciclo de segurança e com soluções e metodologias já testadas no plano internacional", afirma Rodrigo Fragola.

Fundada em 1997, a Aker Security Solutions oferece análise e diagnóstico de vulnerabilidades, vigilância automatizada de ameaças, contingência e resposta a incidentes e ferramentas avançadas de operação e gestão da segurança de rede.

A tecnologia da Aker foi homologada pelo governo brasileiro e instituições nacionais de Defesa.

A N-Stalker foi fundada em 2000 por um grupo de especialistas em segurança com o objetivo de desenvolver projetos avançados contra ameaças digitais.