Marcello Ladeira.

A Siteware e ControlCorp, dois dos maiores players no mercado nacional de sistemas para gestão estratégica de empresas, fundiram suas operações no começo do mês.

Juntas, as duas companhias atendem 80 mil usuários, divididos meio a meio. A diferença entre as bases tem a ver com o modelo de negócio das duas organizações.

A Siteware tem 120 clientes, incluindo organizações como Vale, Votorantim Cimentos, Arezzo e Eneva. 

Já a ControlCorp atinge uma base maior, de 600 clientes, mas a maioria deles é atendida através de um acordo fechado em 2012 com o PAEX, programa de melhoria da gestão da Fundação Dom Cabral que utiliza a ferramenta da ControlCorp gratuitamente.

De acordo com as empresas, fundadas no começo dos anos 2000, o negócio cria  maior empresa de tecnologia com foco na execução e monitoramento da estratégia do país. 

Não foi aberto o valor do negócio. No ano passado, a Siteware recebeu um aporte de R$ 2,5 milhões do Criatec, fundo de investimentos do BNDES focado em empresas inovadoras.

Parte do capital foi destinado à abertura de uma unidade em São Paulo, a primeira fora de Minas Gerais das duas empresas, sediadas no Parque Tecnológico de Belo Horizonte, o BH-TEC. 

Marcello Ladeira, CEO e fundador da Siteware, permanece como o executivo responsável pela integração e operação das duas empresas após a fusão. 

Guilherme Dornas, fundador da ControlCorp e atual diretor de Gestão Estratégica e Desenvolvimento, assume uma cadeira no Conselho de Administração e o papel de advisor da empresa

“A fusão dá origem à maior empresa em nosso segmento, cria novas oportunidades  para nossos colaboradores e acionistas, além de permitir uma melhora na qualidade dos serviços prestados à nossa base de clientes”, avalia Ladeira.

O caminho não é ausente de seus tropeços. No final do ano passado, a Siteware deu uma tacada grande e contratou Alexandre Siffert, ex-CEO da Ativas e CSO da GlobalWeb, para o cargo de diretor de novos negócios. O executivo acabou deixando a empresa três meses depois.

Por outro lado, segue na companhia Guilherme Guimarães Rodrigues Coelho, ex-Rede Minas de Televisão, contratado em janeiro de 2015 para a posição de CFO da empresa.