Espaço terá foco em IoT. Foto: Rodrigo W. Blum

A SAP inaugura nesta terça-feira, 16, em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, o SAP Next-Gen: an Innovation Community for SAP Leonardo.

Traduzindo a terminologia da multinacional, trata-se de um centro de inovação voltado para atrair a comunidade acadêmica para trabalhar com o Leonardo, como foi batizado recentemente o portfólio de soluções IoT SAP.

Como outros players de TI, a SAP não quer ficar atrás quando o assunto é IoT: o plano é investir €2 bilhões em novas ofertas para esse mercado até 2021.

O centro é o primeiro do gênero na América Latina e ficará na Unisinos, universidade gaúcha dentro de cujo parque tecnológico a SAP já mantém um centro de desenvolvimento e suporte, o SAP Labs Latin America, com 800 funcionários.

“Estamos entusiasmados em fazer parte do SAP Next-Gen, que entendemos ser uma plataforma de inovação que capacita estudantes, bem como startups e pesquisadores, a se conectarem com a base global de clientes da SAP”, afirma Daniel Pedro Puffal, gerente de pesquisa, desenvolvimento e inovação da Unisinos. 

O centro da SAP ficará dentro do chamado Portal da Inovação, um espaço construído pela Unisinos visando criar sinergias entre empresas e comunidade acadêmica.

O programa SAP Next-Gen, foi lançado no final de 2015 com centros na matriz da SAP, em Waldorf, na Alemanha, e em Palo Alto na Califórnia, onde fica boa parte do desenvolvimento.

A SAP costuma fazer um pouco de segredo quando o assunto são alianças com instituições de ensino, não abrindo por exemplo quantos centros do tipo SAP Next-Gen existem no mundo, ou mesmo com quais universidades tem acordos no Brasil.

Ao todo, o programa SAP University Alliances conta com mais de 3,1 mil instituições educacionais em 106 países. A Unisinos é de longe a universidade brasileira na qual a parceria tem mais visibilidade, devido à presença desde 2006 no Tecnosinos do SAP Labs.

“Temos uma longa história de trabalho com a universidade, e esse local abre novas oportunidades para a SAP e seus clientes e parceiros trabalharem com mentes jovens para explorar aplicações inovadoras nas mais recentes soluções da empresa”, afirma o presidente da SAP Labs Latin America, Dennison John. 

Além de IoT, a pauta desse tipo de centros inclui as chamadas tecnologias exponenciais (IoT, aprendizado de máquina, Blockchain, realidade virtual) e grupos com foco especial (SAP Next-Gen para inovações dirigidas por objetivos, mulheres, RH e CIOs), além de eventos e programas de SAP.

EM ALTA

A SAP tem investido pesado em São Leopoldo.

Em março, durante um evento no qual o CEO mundial Bill McDermott encontrou o presidente Michel Temer, a empresa anunciou R$ 40 milhões em investimentos nos próximos cinco anos no SAP Labs.

Devem ser abertas 600 novas vagas no período, levando o total de funcionários na cidade para 1,4 mil.