Baguete
InícioNotícias> Stefanini Scala adquire startup Magma

Tamanho da fonte:-A+A

SAÚDE

Stefanini Scala adquire startup Magma

Júlia Merker
// terça, 15/05/2018 11:34

A Stefanini Scala, companhia formada pela “fusão” entre Stefanini e Scala em março de 2016, acaba de anunciar a aquisição da Magma, startup especializada em tecnologia da informação para o segmento de saúde.

José Carlos Pires, presidente da Stefanini Scala. Foto: Divulgação.

Criada há dois anos, a Magma desenvolve sistemas de gestão e monitoramento de pacientes e equipes, a partir de estudos do cotidiano dos hospitais e de centros médicos. 

Focada em UTIs, a empresa criou uma ferramenta baseada em inteligência analítica que busca proporcionar uma visão de toda a Unidade de Terapia Intensiva. O objetivo é gerar agilidade na tomada de decisões, aprimoramento da gestão financeira e redução do tempo de internação.

“A solução preditiva consegue analisar, pelos dados de admissão do paciente, quanto tempo ele ficará na UTI e seu risco de adquirir uma infecção hospitalar. Ela gera inteligência em tempo real, de forma que o atendimento seja mais efetivo para o paciente e traga melhoria de performance para os hospitais”, explica José Carlos Pires, presidente da Stefanini Scala.

Além desta solução focada em UTIs, a startup desenvolveu uma plataforma de escalas médicas, que comprova a presença do profissional no local de trabalho na hora combinada, além de monitorar se tudo está sendo entregue como previsto. Esta solução pode ser utilizada por empresas de outros segmentos, como indústria, comércio e contact center, inclusive para controlar os pagamentos.

José Albani de Carvalho Júnior, médico intensivista há 30 anos e fundador da Magma, relata que a solução de escala médica verifica a disponibilidade dos médicos naquele mês e realiza a distribuição da carga horária. 

“Estamos felizes em fazer parte do Grupo Stefanini, que certamente nos ajudará na expansão internacional. O setor de saúde vem passando por uma série de mudanças no mundo e nossas soluções poderão contribuir em outras regiões, como América Latina e Ásia. Queremos que a Magma seja reconhecida como a empresa de saúde do Grupo Stefanini”, afirma Albani. 

Desde 2015, o médico atua como gestor de terapia intensiva do Hospital São Luiz, que integra a Rede D'Or.

A Magma conta com Carlos Eduardo Andriotti Privati como gerente de TI. Antes de ingressar na empresa, atuou no mesmo cargo na Global Saúde. Ele ainda passou por empresas como Remay, Telefônica e Keyrus.

Há menos de um mês, a Stefanini Scala também divulgou a aquisição da Estatística Segura, uma consultoria paulista especializada em modelos estatísticos.

A Scala já era um dos maiores parceiros IBM do Brasil antes do negócio com a Stefanini, que não teve os termos exatos divulgados. Na época, a Stefanini falou em uma “fusão”. Agora, a Stefanini Scala é apresentada como uma “coligada”.

Júlia Merker