Foto: Divulgação

A prefeitura de Caxias do Sul está programando investimentos de R$ 9 milhões para a construção de uma infovia – rede de fibra ótica – na cidade. Os recursos são do BNDES.

A licitação é esperada para o mês de julho.

Serão 20 quilômetros de fibra para interligar todas as unidades do serviço público municipal, das escolas e postos de saúde às secretarias.

ETAPAS DO PROJETO
Na primeira etapa, com liberação de recursos prevista para outubro desse ano, serão aplicados R$ 5 milhões – chegando a 236 unidades da prefeitura.

Nas posteriores, ainda sem previsão, serão investidos os outros R$ 4 milhões orçados para o projeto.

“Chegaremos inclusive às escolas no interior do município de um jeito ou de outro. Onde não der pra ser com fibra, teremos  o link via rádio”, comenta José Aquiles Susin, ex-diretor geral de TI da prefeitura, licenciado nesse mês para as eleições em Vacaria.

No total, serão 306 organismos da prefeitura conectados pela rede.

Mais R$ 1,6 milhão, diz o administrador, serão destinados a servidores que armazenarão documentos e outras aplicações do poder municipal.

Umas vez licitados, os contratos terão de 12 meses de execução, disse Susin, ao comentar o único detalhe revelado sobre os editais.

SEM WI-FI FREE, NO PRINCÍPIO
Não está prevista a disponibilização de sinal a toda a população, a exemplo do que ocorre em outras cidades como Dois Irmãos (a cerca de 80 quilômetros de Caxias) e Alvorada (na Grande Porto Alegre), num primeiro momento.

Cabe ressaltar que, juntos, esses dois municípios somam a metade da população caxiense, de 435 mil pessoas.

Ainda assim, algumas áreas, de maior circulação em Caxias do Sul, como praças públicas e a rodoviária, por exemplo, podem vir a ter roteadores com o sinal disponível à população.

“O foco é nos serviços municipais. Esperamos, por exemplo, economizar na conta de telefone com a implantação de VoIP”, completa Susin.

CAXIAS DO SUL
Caxias do Sul tem o terceiro maior PIB do Rio Grande do Sul – de R$ 12,5 bilhões em 2009, segundo dados divulgados pela Fundação de Economia e Estatística (FEE) gaúcha.

A contribuição da cidade para o produto interno bruto gaúcho é de 5,8%.

Em 2012, Caxias do Sul concorreu no prêmio de Cidades Digitais gaúchas na categoria gestão eficiente em serviços públicos, mas não chegou a ser premiada.