Fundada em 1925, a Frísia é a cooperativa mais antiga do Paraná. Foto: Divulgação.

A cooperativa agroindustrial Frísia fechou com a Oracle um projeto de implantação de ERP com tecnologia e infraestrutura da multinacional. 

O acordo foi divulgado no LinkedIn e celebrado como “um dos maiores cases do Agro no Brasil”.

Fundada em 1925, a Frísia é a cooperativa mais antiga do Paraná. Localizada na região dos Campos Gerais, tem sua produção voltada para leite, carne e grãos.

A organização conta com 1,1 mil colaboradores e 850 cooperados. 

Em 2017, a empresa registrou faturamento de R$ 2,4 bilhões, o que significa uma alta de 2,7% em relação ao ano anterior.

As cooperativas agrícolas se tornaram um cliente disputado para projetos de ERP nos últimos anos.

A agricultura seguiu crescendo apesar da crise e muitas cooperativas rodam sistemas antiquados, desenvolvidos por pequenas empresas regionais ou mesmo internamente.

Hoje, todos os grandes têm cases recentes na área. 

A Minasul, uma das maiores cooperativas de café do Sul de Minas, implantou o sistema de gestão AX da Microsoft com consultoria da Inove.

A SLC Agrícola, um dos maiores grupos de produção de commodities agrícolas do país, começou a substituição de uma série de tecnologias de diferentes fornecedores, incluindo o sistema de gestão da Oracle, por um novo ambiente baseado em produtos da Totvs.

Mas, aparentemente, quem mais tem fechado contratos é a SAP. Nos últimos tempos, adotaram softwares da multinacional alemã a Coopercitrus, uma das maiores cooperativas agrícolas de São Paulo; a Agrária, cooperativa agroindustrial sediada no Paraná, e a cooperativa agrícola Comigo, de Goiás, para citar três exemplos.