Amizade e dinheiro são coisas lindas. Foto: divulgação

Depois de vários desentendimentos, dentro e fora dos tribunais, Apple e Samsung podem voltar a um estágio amigável. A fabricante do iPhone deve retomar negócios com a sul-coreana para o fornecimento de chips para o uso em seus smartphones.

De acordo com o Gizmodo norte-americano, a empresa de Tim Cook assinou um acordo com a Samsung para a produção dos chips A9, nova iteração da série A de chips - atualmente o iPhone usa o A6.

O chip, segundo destacam fontes ligadas à Apple, será baseado em um novo processo de fabricação de 14 nanômetros, com início de produção previsto para meados de 2015.

Este acordo surpreendeu alguns analistas, principalmente pelo fato de a Apple estava gradualmente abandonando a adoção de componentes da rival sul-coreana em favor de produtos da Taiwan Semiconductor Manufacturing (TSMC), que assinou o contrato para a produção dos chips A8, que virão em 2014.

No entanto, mesmo com as brigas em processos de patentes e a ferrenha concorrência no mercado de smartphones, a Apple se reaproximou da Samsung de olho nos chips de 14 nanômetros.

Para Casey Chan, analista do Gizmodo, a decisão da Apple pode ser considerada por alguns um retrocesso, ainda mais por ser em pouco tempo após o acordo com a TSMC e seu posicionamente agressivo na concorrência com a Samsung.

"No entanto, quando você está tentando expandir os limites de capacidade de sua tecnologia, desentendimentos bobos não podem ficar no caminho de componentes de última geração", observou.