Soja é um dos focos da Algar Agro. foto: reprodução.

A Algar Agro, uma empresa do Grupo Algar com foco no processamento de soja, implantou a solução em nuvem Office 365 em parceria com a Zillion, trocando o Lotus Notes pela solução da Microsoft . A solução permitiu que o grupo integrasse os dispositivos móveis às ferramentas de colaboração.

A companhia precisava que os serviços de mensagens funcionassem 24h por dia, mas tinha problemas com a instabilidade e a falta de segurança com o sistema utilizado anteriormente.

Como a Algar Agro comercializa insumos da soja na Bolsa de Valores em Chicago (CBOT), um serviço de mensageria funcionando 24 horas por dia era essencial para os negócios da empresa.

“Precisávamos de uma plataforma de colaboração em que a informação pudesse chegar a todos os níveis da empresa de maneira rápida e segura, aliada à mobilidade”, lembra Gilberto Guimarães de Faria, coordenador de TI da empresa.

A implantação foi finalizada em março de 2012.

De acordo com a Algar Agro, a solução também acarretou uma redução nos gastos com TI, já que a solução foi mais barata e ainda oferece acordo de nível de serviço (SLA), cuja garantia é de 99,9% de disponibilidade para as cerca de duzentas contas ativas.

“O processo foi muito transparente e fácil para os colaboradores, pois a maioria já conhecia o Outlook e tinha familiaridade com os produtos da Microsoft”, conta Robson Xavier, diretor executivo da Zillion.

ALGAR

Com unidades em Uberlândia e Porto Franco-MA, a Algar Agro é a divisão resultante da aquisição das operações da ABC Inco S.A e ABC A&P, empresas com foco no setor agrário, pela holding mineira Algar.

A compra foi realizada em 2008, e as empresas incorporadas foram renomeadas Algar Agro.

O Grupo Algar, que iniciou na décana de 50 com operações no ramo de telecomunicações, se firmou na última década como uma holding, assumindo operações em ramos além da tecnologia, como aviação (Algar Aviation), segurança (Algar Segurança), mídia (Algar Mídia), hotelaria (Rio Quente Resorts).

Em 2011, o Grupo Algar registrou um faturamento de R$ 2,6 bilhões.