Chamada do BRDE resultará na produção de 24 jogos eletrônicos. Foto: Pexels.

O BRDE e o Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) abriram em dezembro a Chamada Pública Prodav 14/2016, que disponibilizará R$ 10 milhões em recursos para a produção de 24 jogos eletrônicos para a exploração comercial em consoles, computadores ou dispositivos móveis. 

"Pela primeira vez o FSA inclui a produção de jogos digitais entre as suas chamadas. É importante que os empreendedores conheçam e discutam as regras da chamada, bem como se preparem para o desenvolvimento de projetos competitivos", avalia a coordenadora do Tecna, Aletéia Selonk. 

O sul do país está em boa posição para captar os recursos. O Rio Grande do Sul é o segundo polo de produção, superado apenas por São Paulo, de acordo com um relatório do BNDES.

Do ponto de vista de produtoras, a Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais (ADJogos-RS), com 30 associados, é a maior associação regional do país.

A entidade acredita a indústria de jogos digitais nacional deve ter uma taxa de expansão de 13,5% ao ano, superando a média global de 6,3% de aumento anual.

A chamada do BNDES será tema da 3ª edição do Radar Tecna, que acontece nesta sexta-feira, 16. A atividade ocorre das 9h às 12h no Tecnopuc (Sala 204 do prédio 99A).

O 3º Radar Tecna tem a Adjogos e o APL de Jogos Digitais como co-realizadores e conta com a participação de profissionais experientes da área para a realização do debate. As inscrições para a atividade são gratuitas e podem ser feitas pela web.