Funcionário passava o dia vendo vídeos de gatos. Foto: http://www.lolcats.com

Se você já pensou em terceirizar seu trabalho no exterior, saiba que é possível.

Um estudo de caso da Verizon publicado no The Inquirer relatou o caso de “Bob”, funcionário de “uma empresa crítica de infraestrutura” dos Estados Unidos que terceirizou seu trabalho na China.

Ao que parece, o funcionário consumia suas horas navegando em sites como Reddit, eBay, Facebook e LinkedIn, além de ver vídeos de gatos.

A única atividade estritamente relacionada com trabalho era enviar o relatório de fim do dia por e-mail para a gerência, que sempre avaliou Bob como um dos seus melhores funcionários.

O case não diz por quanto tempo Bob, um desenvolvedor na faixa dos 40, versado em C, C++, Perl, Java, PHP, Python e outras, conseguiu aplicar o golpe.

Mas há uma informação mais importante: como o gaiato foi pego.

Alguém na empresa notou  atividade suspeita em logs no VPN de Bob, que apontavam acessos da China quando o funcionário estava claramente na sua mesa, fazendo cara de concentrado.