Alckmin pensando no bairro tecnológico. Foto: Agência Brasil.

O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 16, que planeja transformar a região do Jaguaré, na zona oeste da capital paulista, em um bairro tecnológico, através de  Parcerias Pública Privadas (PPPs).

Segundo destaca o Valor, a intenção do governador Geraldo Alckmin é aproveitar a proximidade com a Universidade de São Paulo (USP) e a inauguração do Parque Tecnológico do Jaguaré, cujas obras foram inauguradas nesta quarta.

"A ideia é termos aqui uma área de mais de 900 mil metros quadrados voltados a essa atividade, que ajudará na revitalização do entorno", disse o governador, em evento para marcar o começo das obras do parque.

Segundo Alckmin, o projeto do bairro pode ampliar em dez vezes a extensão do parque, com 46 mil metros quadrados do governo e mais 42 mil metros quadrados da USP.

PARQUE

O Parque Tecnológico do Jaguaré, cujas obras estão orçadas em R$ 15,7 milhões, tem previsão de início de funcionamento em até dez meses, assim que for concluída a reforma do local.

Cerca de 50 empresas, em setores como tecnologia da informação, saúde, nanotecnologia, produtos farmacêuticos e soluções para portadores de necessidades especiais, serão abrigadas no local.

A região do Jaguaré, localizado ao oeste da capital, nas proximidades da Marginal Pinheiros, possui uma área de aproximadamente 6,6 km² e uma população de 42,4 mil habitantes.

Um dos expoentes industriais da cidade até os anos 80, a região ainda conta com diversas empresas e prédios para a instalação de fábricas, uma possível razão para a escolha do bairro para o Parque Tecnológico, além da proximidade à Cidade Universitária da USP.