Rodrigo Fragola, co-fundador e CEO da Aker. Foto: Divulgação.

A Aker Security Solutions, focada em  segurança cibernética e da informação, recebeu um aporte de capital da Invest Tech, gestora de fundos especializada em empresas na área de tecnologia.

O investimento foi feito por meio do fundo Capital Tech II, que tem capital comprometido de R$ 209 milhões.

Segundo Rodrigo Fragola, co-fundador e CEO da Aker, o investimento possibilitará experiências internacionais para otimizar processos de gestão e estratégia de competitividade da empresa. Além disso, os recursos serão utilizados para diversificar o portfólio e a logística.

A empresa também planeja aplica parte do valor para ampliar políticas de treinamento e retenção de talentos. Há a possibilidade de expansão na equipe e a abertura de filiais pelo Brasil.

A Aker surgiu em 1997 e atua com tecnologias de segurança de TI, web e sistemas de defesa cibernética. O laboratório de pesquisa da companhia desenvolve soluções de segurança e defesa para aplicações, tais como Redes Privadas Virtuais (VPN), Sistemas de Detecção e Prevenção de Intrusão (IDS/IPS), filtros de conteúdo web e sistemas de monitoramento remoto. 

Entre os produtos oferecidos pela companhia está o Firewall UTM (central unificada de monitoramento de ameaças).

Sem divulgar números exatos, a companhia afirma que atende milhares de usuários no Brasil, incluindo o mercado corporativo, órgãos de governo e grandes operadoras de telecomunicações.

A injeção de recursos pela Invest Tech não altera a estrutura administrativa e o quadro funcional da empresa.

Com cerca de 110 colaboradores, a Aker conta com 200 canais no Brasil. A previsão de faturamento da empresa em 2015 é de aproximadamente R$ 30 milhões.

O Capital Tech II é o segundo Fundo de Investimento em Participações (FIP) da Invest Tech. Com capital comprometido de R$ 209 milhões, o fundo tem como foco empresas inovadoras do setor de TIC com faturamento entre R$ 5 milhões e R$ 200 milhões no ano.

O capital do fundo foi obtido a partir de investidores internacionais, como Corporación Andina de Fomento (CAF) e Grupo Telefónica, além de FUNCEF, FINEP e BNDES, e recursos da própria gestora.

A Invest Tech realiza, desde 2008, a gestão do Capital Tech I, fundo de participações de R$ 31,4 milhões voltado para empresas médias com atuação nos segmentos de saúde, tecnologia limpa e tecnologia da informação, com investimentos do BNDESpar, FINEP, FUNCEF, BID e pessoas físicas.