Baguete
InícioNotícias> Ajinomoto adota S/4 Hana com Meta

Tamanho da fonte:-A+A

ERP

Ajinomoto adota S/4 Hana com Meta

Maurício Renner
// sexta, 16/03/2018 08:38

A Ajinomoto, multinacional japonesa de alimentos, está implantando o sistema de gestão S/4 Hana na sua operação brasileira com consultoria da Meta.

Brasil é um dos mercados chave da Ajinomoto. Foto: Divulgação.

O contrato foi fechado em fevereiro após um período de participação da companhia no S/4 Hana Experience, um modelo comercial que permite aos clientes testarem na prática a nova geração do software de gestão da multinacional alemã com seus próprios dados antes de fecharem uma migração definitiva.

“A segurança de ser uma solução homologada pela SAP, além do acompanhamento técnico da Meta conosco durante a realização do Experience, confirmou nossa opção pelo SAP S/4 Hana e pela Meta”, explica Alexandre Telles, responsável pela TI da Ajinomoto.

Presente no Brasil desde 1956, a Ajinomoto do Brasil é a terceira unidade mais importante do Grupo Ajinomoto fora do Japão, atrás apenas da Tailândia e dos Estados Unidos. 

Com quatro unidades fabris em São Paulo, nas cidades de Limeira, Laranjal Paulista, Valparaíso e Pederneiras, a companhia tem sede administrativa na capital e soma 3 mil funcionários. 

A Meta criou o S/4 Hana Experience em outubro de 2016, como uma forma de incentivar potenciais clientes a conhecer a nova geração de software de gestão da SAP.

O S/4 é diferente de seus predecessores na SAP porque roda exclusivamente no banco de dados em memória Hana, o que exige um investimento maior no hardware. 

Um dos primeiros clientes a aderir ao formato foi a Bruning Tecnometal, fabricante de peças para o setor automotivo, no começo de 2017. O S/4 foi implementado na companhia em sete meses.

“O Experience simplifica a jornada do cliente, por permitir a aplicação de forma prática, trazendo previsibilidade de resultados e sendo uma importante ferramenta para captação de apoio interno”, finaliza Telmo Costa, CEO da Meta. 

A Meta tem mil funcionários em escritórios no Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Miami e uma carteira de 350 clientes.

A empresa atua ainda em negócios nas áreas de terceirização de processos de negócios e tecnologia SAP. O objetivo da empresa é dobrar de tamanho até 2020.

Maurício Renner