SAÚDE

Sírio-Libanês gerencia dados com InterSystems

16/03/2021 10:29

Rede de hospitais implantou o software HealthShare para se adequar à LGPD.

Rede atende mais de 120 mil pacientes​ por ano em 60 especialidades. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Hospital Sírio-Libanês (HSL), um dos mais conceituados de São Paulo, acaba de implementar a solução HealthShare, da InterSystems, para gerir políticas de consentimento e compartilhamento de dados dos pacientes.

Segundo a empresa, as instituições de saúde precisam gerenciar um grande volume de informações oriundas de diferentes sistemas e a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) ampliou as exigências na questão de compartilhamento das informações clínicas e resultados de exames. 

Agora, há mais controle por parte dos órgãos reguladores e o paciente pode escolher qual nível de informação ele quer que seja compartilhada no ecossistema da saúde.

Para centralizar esses dados, o HSL optou pela ferramenta da InterSystems, que consegue reunir todas as informações geradas por vários sistemas, mesmo de outras instituições, e consolidar tudo em um único repositório. 

Com garantia da rastreabilidade, o sistema detecta quem elegeu a política de compartilhamento dos dados e quando decidiu. Caso revogada a decisão, a data é apontada.

O software também acusa quem acessou as informações a qualquer tempo, estando bloqueadas ou não. Em uma segunda etapa, gera um relatório com um conjunto de informações solicitadas pela Agência Nacional de Proteção de Dados. 

Segundo a empresa, a gerência da segurança da informação do Sírio-Libanês trabalha há um ano e meio para garantir que todos os seus processos estão adequados à LGPD, além da legislação específica do setor da saúde.

No projeto, a rede de hospitais focou nos dados da Gestão do Consentimento da Saúde Corporativa, um programa voltado para empresas e seus colaboradores. No futuro, o novo sistema deve integrar outras áreas do hospital.

“Estamos ajudando o HSL a garantir a rastreabilidade da coleta, do aceite de políticas e do consentimento do uso dos dados dos pacientes. Eles podem eleger as políticas de consentimento e ter a certeza de que serão respeitadas”, garante Leonardo Paiva, gerente de projetos da InterSystems no Brasil.

Fundada em 1978, a InterSystems é uma companhia de capital privado sediada em Cambridge, nos Estados Unidos, com escritórios em outros 21 países. Seus softwares são usados por milhões de pessoas em mais de 80 países.

Já a Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês foi fundada em 1921 e hoje conta com três unidades em São Paulo e quatro em Brasília, atendendo anualmente mais de 120 mil pacientes​ em 60 especialidades.

Veja também

PEDIDA
Ação pode quebrar a Serasa Experian

Entidade pede indenização potencialmente bilionária, caso se consiga provar a origem do vazamento.

VOCÊ
Plataforma digital foca em bem-estar

Movimento Fique Saudável usa tecnologia para combater os efeitos negativos da pandemia.

SEGURANÇA
CyberLabs e PSafe anunciam fusão

Empresas tem expertises complementares. Meta é faturar R$ 100 milhões em 2021.

SEGURANÇA
OLX procura falhas com BugHunt

Empresa deve recompensar com até R$ 15 mil hackers da plataforma de bug bounty.

JOGOS
Red Team x Blue Team

Um departamento de segurança com uns no ataque, outros na defesa. Quem ganha é a economia digital.

VAZAMENTOS
Empresário brasileiro é inconsequente?

CEO da PSafe acredita que não “caiu a ficha” do tamanho do problema de vazamento dos CPFs.

MISTÉRIO
ANPD investiga vazamento dos CPFs

Também participam da apuração instituições como a Polícia Federal e o Comitê Gestor da Internet no Brasil.

QUEBRA-CABEÇA
De onde saíram os CPFs?

Um hacker aponta a Serasa Experian, que nega. Outro afirma que a fonte é estatal.

DADOS
Live sobre adequação à LGPD hoje

Você pode acompanhar conteúdo sobre a LGPD aqui, a partir das 10h30. Confira!

DADOS
Grupo RCI: LGPD com Privacy Tools

Braço financeiro das marcas Renault e Nissan começou o projeto lá em 2018.