Fábio Santini. Foto: Baguete Diário

A NetEye, empresa de monitoramento e gestão de ativos de TI instalada no Tecnosinos, em São Leopoldo, fechou parceria com a portuguesa NovelActron.

Costurado na CeBIT desse ano, o acordo foi fechado na feira irmã do evento alemão, a BITS, em Porto Alegre.

"Passamos os útimos dois meses fazendo testes e prospecção de negócios e as perspectivas são boas, especialmente para a internacionalização da empresa", diz Fábio Santini, fundador da empresa.

Hoje, a NovelActron tem mais de 1 mil clientes, aos quais oferece serviços de segurança por video-monitoramento.

Um portfolio atraente à empresa gaúcha, que espera ter 5 mil licenças comercializadas em seis meses entre os clientes da parceira portuguesa.

Se atingida a meta, representará 5% do que a empresa espera ter instalado até o final do ano. Não é a maior das parcelas, mas o empresário gaúcho comemora o fato de incluir receita de fora do país.

MAIS LÁ FORA
Além de Portugal, a empresa está de olho em parcerias na Alemanha, Arábia Saudita, Uruguai, Colômbia, Venezuela, Chile e Argentina.

Segundo Santini, as recentes participações da empresa em feiras internacionais tem aumentado as chances de atuação em novos mercados.

Hoje, a NetEye atende a Brinox, Betanin, Gang, Hospital Mãe de Deus, Inmetro, Unisinos, Unimed, entre outras.

Caso conquistada, a meta dos 100 mil usuários significará multiplicar por quatro a base obtida desde a fundação, em 2004, e triplicar o faturamento neste ano.

O Baguete Diário faz a cobertura completa do evento com apoio da Softsul.