Mario Sérgio Andrade Silva, sócio-fundador da Soürun. Foto: Divulgação.

O aplicativo de corrida Soürun, que fornece assessoria com treinadores reais, quer alcançar 1,5 mil assinantes em seu primeiro ano de operação. 

Hoje, a empresa conta com 1,6 mil usuários em período de teste gratuito de duas semanas e 60 pagantes. O valor da assinatura da plataforma é de R$ 29 por mês.

A base de assinantes projetada representa uma receita anual recorrente de R$ 550 mil.

Ao se cadastrar no app, o usuário indica seus objetivos e aponta especificidades relacionadas à saúde, como problemas respiratórios e dores.

Depois de um treino teste para avaliar o nível do cadastrado, o técnico pode trocar mensagens com o corredor e montar um treino personalizado.

Novos treinos são enviados semanalmente, sempre a partir de contatos entre o treinador e o usuário, com relatos sobre como o corredor se sentiu em cada etapa do plano.

“Com o aplicativo, pessoas que estão longe dos grandes centros, ou aqueles que não gostam tanto de correr em grupos podem ter este tipo de assessoria”, explica Mario Sérgio Andrade Silva, sócio-fundador da Soürun.

Hoje a empresa conta com seis técnicos contratados. A avaliação da empresa é que cada um dos professores de educação física pode atender até 300 usuários ao mesmo tempo. 

“Somos o primeiro aplicativo de assessoria de corrida do Brasil. Mesmo com experiência no ramo, é um meio novo, e temos que nos adaptar a ele. Estamos tendo feedbacks através do aplicativo e podemos adaptar os treinamentos rapidamente”, relata Silva.

O treinador pode avaliar o tempo do corredor, sua sensação durante a corria (relatada por meio de um questionário), impressões sobre a intensidade do trabalho, e outras questões que podem ser relatadas por mensagens.

Com o crescimento da base de usuários, a intenção do app para monetização é contar com patrocinadores e uma loja de artigos de corrida.

Silva também é diretor geral da Run&Fun Assessoria Esportiva desde 1994. Bacharel em educação física, é autor do livro “Corra - Guia Completo de Corrida, Treino e Qualidade de Vida”. 

Números recentes comprovam que a corrida como atividade física está em alta. Pesquisa realizada pela consultoria espanhola Relevance em janeiro de 2014, com mil entrevistados, estima que 5% da população brasileira com mais de 16 anos - cerca de 6 milhões de pessoas - pratica algum tipo de corrida.

Os apps focados nessa atividade também são muitos, mas o Soürun conta com a diferença da interação com o treinador. 

O app também permite postagens nas redes sociais sobre as corridas, além de apresentar um painel com provas que acontecem pelo Brasil.

A companhia entrará em um campo concorrido. Um dos mais populares do segmento é Nike+ Running, que registra a distância percorrida, sugere rotas de acordo com a localização e permite compartilhar os exercícios no Facebook e Twitter. 

O aplicativo conta com um recurso que contém programas, dicas de treinamentos e exercícios diários, o Nike+ Coach, que utiliza dados de corridas anteriores e objetivos do corredor para sugerir treinos.

Já o RunKeeper oferece estatísticas detalhadas sobre a corrida e informações como tempo, ritmo e distância dos trajetos. Durante a corrida, o usuário tem orientação por áudio, pode tirar fotos e ouvir músicas pelo percurso. O RunKeeper permite que o usuário monte seus treinos.

O Endomondo mapeia rotas e monitora a distância, velocidade, frequencia cardíaca e perda de calorias dos treinos. O usuário insere seus planos de treinos manualmente e tem acesso a um diário das corridas para acompanhar o desempenho.

Por R$ 8, a versão premium do aplicativo oferece plano de treino personalizado, estatísticas de calorias consumidas por mês, distância percorrida por ano e análise das zonas de frequência cardíaca para cada treino.