Edenize Maron.

Edenize Maron, ex-country manager da Progress Software, acaba de assumir o cargo de vice-presidente para o Sul da América Latina da Software AG.

Baseada no Brasil, Edenize responderá diretamente para o presidente da América Latina, Marco Gerazounis.

Gerazounis também é novo no cargo. Assumiu em maio, tendo sido antes responsável pelas operações da Software AG no Oriente Médio e África.

Edenize assumiu a Progress no Brasil em abril de 2011, depois de 10 anos de atuação na SAP, onde sua última posição foi de country manager da subsidiária em Portugal.

Entre as posições exercidas por Edenize na SAP, desde 1998, destacam-se a de diretora da Vertical Oil & Gas, diretora de Bens de Consumo e Varejo e diretora Executiva de Clientes Premium para o Brasil.

Na Progress, Edenize havia substituído no cargo a  Luiz Claudio Menezes, que foi para a a fabricante de cartões de pagamento e cartões inteligentes GD Burti.

A Software AG e Progress estão em um processo de troca-troca em nível global, o que pode ter influenciado na contratação de Edenize.

Em julho, a Software AG anunciou a aquisição da plataforma Apama, software de processamento de eventos complexos (CEP, na sigla em inglês) da Progress.

TURBULÊNCIA
Nos últimos meses, a Software AG passou por turbulências e reformulações em suas operações no Brasil e América Latina.

Em janeiro, apenas dez meses após assumir o cargo, Carlos André deixou a presidência da Software AG no Brasil. Mark Rhoden, vice presidente de vendas para a região EMEA, que inclui Europa, África e Oriente Médio, assumiu interinamente o posto.

A Software AG não consegue encontrar o pé no Brasil, país que responde por 6% do faturamento global da companhia, que chegou 2011 em 1,09 bilhão de euros.

A subsidiária brasileira é quarta maior do grupo, atrás apenas da matriz alemã, dos Estados Unidos e da Inglaterra.