Baguete
InícioNotícias> Fundador do WhatsApp não faz nada no Facebook

Tamanho da fonte:-A+A

SILICON VALLEY

Fundador do WhatsApp não faz nada no Facebook

Maurício Renner
// quinta, 16/08/2018 04:47

Jan Koum, cofundador do WhatsApp, tem aparecido de vez em quando nos escritórios do Facebook para não fazer nada, enquanto espera para receber um pagamento de US$ 450 milhões em ações da rede social.

A vida imita a arte.

A invejável situação de Koum foi divulgada pelo The Wall Street Journal e é o que se conhece no jargão do Vale do Silício como “resting and vesting”.

A expressão descreve a situação de empreendedores que tiveram a sua empresa adquirida ou desenvolvedores que continuam oficialmente empregados como uma forma de receber pagamentos trimestrais previstos no seu contrato, mesmo que não façam mais nada.

A prática foi retratada pelo seriado da HBO Silicon Valley, no qual um dos personagens passa o dia sentado sem fazer nada no terraço de uma grande corporação que parodia o Google.

A situação de Koum, que disse em abril que estava saindo do Facebook para focar mais em colecionar carros antigos e jogar frisbee, é um pouco mais cômoda. Ele só precisa aparecer mais algumas vezes até novembro para coletar a parcela final do seu pagamento.

O Facebook comprou o WhatsApp por US$ 19 bilhões em 2014. Koum já recebeu e vendeu mais ou menos US$ 7 bilhões em ações da rede social.

Maurício Renner