MÉRITO

HRtech de ex-Falconi capta R$ 5 milhões

16/08/2021 09:56

Fundos investem na Mereo, dona de tecnologia para gestão de performance.

Athila Machado, Ivan Cruz e Marconi Rocha. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Mereo, uma plataforma de gestão de performance com foco nos RHs de empresas de médio e grande porte, acaba de captar um aporte de R$ 5 milhões da KPTL e da Cedro Capital.

O dinheiro veio por meio do Fundo Criatec 3, que tem o BNDES e o BDMG entre os principais cotistas.

A startup foi fundada em Belo Horizonte em 2012 por Athila Machado, Ivan Cruz e Marconi Rocha, três ex-consultores da Falconi, consultoria que tem entre seus fortes justamente a implementação de programas focados no tema.

Vicente Falconi, fundador da Falconi, foi o primeiro forasteiro a compor o conselho da antiga Brahma, nos anos 90, e o mentor da cultura fortemente meritocrática e competitiva que está no DNA da Ambev hoje.

É um bom precedente para uma startup cuja ferramenta gerencia talentos, avalia desempenho pessoal e corporativo e calcula remunerações variáveis.

A Mereo tem 60 funcionários e já impacta quase 1 milhão de profissionais em clientes como BRF, XP Investimentos, Burger King, Magazine Luíza e Suzano. A meta é crescer a base de clientes 60% em 2021.

De acordo com os fundadores da Mareo, a solução da empresa é mais versátil e a um custo muito mais baixo do que alternativas oferecidas pela Oracle e SAP para a área de gestão de recursos humanos (HCM, no jargão do setor de TI).

A plataforma Mereo se estrutura em três módulos, que podem ser utilizados em conjunto ou separadamente: Gestão da Performance, Gestão de Talentos e Reconhecimento Recompensa. 

O primeiro consolida os indicadores estratégicos de cada área da companhia e também permite tratar os desvios. 

Já o segundo avalia o desempenho dos funcionários de acordo com a matriz de competências de cada empresa. Por fim, o terceiro, calcula a remuneração variável de cada colaborador de acordo com os resultados alcançados e as regras definidas em cada companhia.

“A Mereo nos chamou a atenção pela sua carteira de clientes e por ser uma plataforma voltada para o C-Level de seus clientes, com seu posicionamento diferenciado no mercado ao integrar desde o monitoramento de performance corporativa da empresa até a gestão de competências dos colaboradores, com a apuração de suas metas individuais, de forma automatizada”, conta Alessandro Machado, sócio da Cedro Capital.

Veja também

JOGADA
LG chama ex-Santander para liderar fintech

Empresa de software para RH vai entrar no segmento financeiro para funcionários.

RH
Rocketmat recebe aporte de R$ 8 milhões

Rodada foi liderada pelo fundo Smart Money Ventures, com Domo Invest e Alexia Ventures.

ESPANSIONE
Zucchetti compra mais uma no Brasil

Comprou a Elofy, startup focada em RH. Valor pode chegar a R$ 45,6 milhões.

ENTREGAS
James Delivery adota solução de HRTech Escala

A solução diminuiu o tempo de organização de escalas de dois dias para duas horas.

CAPITAL
Gupy levanta mais R$ 40 milhões

Oria Capital aposta que companhia pode liderar o segmento de RHtechs no Brasil.

JOGADA
Senior entra na onda fintech

Wiipo terá soluções financeiras para pessoas físicas e jurídicas baseada na folha.