A Codeagro implantou as plataformas Azure e Office 365, da Microsoft. Foto: Pixabay.

A Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios do Estado de São Paulo (Codeagro) implantou as plataformas Azure e Office 365, da Microsfot, com apoio da G&P. O projeto abrange 150 contas.

O órgão migrou seus 15 servidores físicos para ambiente híbrido, contemplando apenas 1 servidor físico e 3 servidores em nuvem. O projeto foi implementado em aproximadamente 30 dias. 

“O ambiente híbrido gerou uma série de benefícios, entre eles o aumento da produtividade com maior espaço nas caixas postais (50Gb por usuário), armazenamento em nuvem, rede social corporativa e websites internos com fluxos para otimização do trabalho”, relata  Ronaldo Souza, gerente de soluções da G&P. 

Para Valério Oliveira, diretor técnico da Codeagro, entre os diversos fatores que trouxeram benefícios na migração para o Microsoft Azure e Office 365 está a possibilidade de atualização tecnológica dos diversos serviços da coordenadoria. 

“Em tempos de crise, o incremento da redução de custos foi um diferencial muito grande, no que diz respeito a custos de infraestrutura e redução no consumo de energia elétrica, pois anteriormente utilizávamos servidores físicos. O projeto trouxe uma economia de mais de 40% em relação aos contratos que tínhamos anteriormente”, finaliza Valério.

Em abril deste ano, a G&P conquistou a certificação gold da Microsoft, mais alta da marca, nas competências hosting e application integration. A

A G&P atua há 26 anos no mercado e está presente em São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal, com cinco escritórios. A empresa conta com uma equipe de 1,8 mil pessoas.