O CRIA CWB foi aberto na extinta fábrica das Ceras Canário. Foto: Gabriel Rodrigues/Divulgação.

Curitiba acaba de inaugurar o Campus Rebouças de Inovação e Aceleração – CRIA CWB, instalado na extinta fábrica das Ceras Canário.

O antigo barracão foi reconfigurado para abrigar startups especializadas em cidades inteligentes, construções sustentáveis e energias renováveis. 

Rafael Greca, prefeito de Curitiba, considera o investimento como uma contribuição decisiva para o desenvolvimento do ecossistema de inovação da cidade. 

O campus oferece áreas de trabalho exclusivas para empresas e espaços compartilhados, como auditório e cabines para reuniões. 

A iniciativa é fruto da parceria entre empresas conectadas com a proposta de um ambiente que promova colaboração com empreendedores, mercado, academia e a sociedade. 

“Hoje é só o começo do futuro dos nossos negócios. Acreditamos no poder de transformar a vida das pessoas a partir do compartilhamento de boas ideias”, diz Ricardo Cansian, que coordenou a implantação do CRIA, à frente de um grupo de empreendedores privados.

O CRIA CWB está implantado em uma edificação de 16 mil metros quadrados que está sendo certificada com o Selo LEED Platinum, pelo Green Building Council, por suas soluções sustentáveis. 

A aceleradora Jupter e o iCities – empresa que promove o Smart City Expo Curitiba, com chancela da FIRA Barcelona – instalaram suas novas sedes no campus, onde atuam como curadores, auxiliando na seleção das startups com perfil para atuar no espaço compartilhado.

O espaço também contará com as empresas Smart Sky, NRG HUB, Enjoy e Nano4You, segundo a Revista Amanhã.