E-COMMERCE

PicPay cria marketplace com VTEX

16/09/2021 12:57

Com início no final do ano passado, o projeto foi ao ar em menos de cinco meses.

O aplicativo tem mais de 55 milhões de usuários cadastrados. Foto: Rogerio Cassimiro/divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O PicPay, aplicativo de pagamentos com mais de 55 milhões de usuários cadastrados, criou um marketplace de bens de consumo com a solução da VTEX, maior empresa brasileira de plataforma de e-commerce.

Com início no final do ano passado, o projeto foi ao ar em menos de cinco meses e utilizou a solução headless da VTEX, que separa a experiência do cliente do front-end das funções de comércio back-end.

Segundo a empresa, isso permite ao sistema um desenvolvimento mais personalizado dos componentes. 

"A VTEX tem robustez no mercado de e-commerce e trouxe estabilidade para o lançamento do business, com a fácil integração, fácil acesso aos times de suporte para resolução de problemas e estabilidade no fluxo de transações", conta Fabio Plein, diretor sênior da PicPay Store.

Ainda de acordo com a companhia, o produto possibilita o crescimento em escala e a inserção de novos lojistas para gerar receita com agilidade. 

“O projeto do PicPay conseguiu consumir em poucas semanas nossas APIs de marketplace e subir direto no aplicativo. Isso significa também que, lá na ponta, o usuário final não precisa sair do aplicativo em nenhuma etapa da jornada de compra, proporcionando uma experiência fluida e sem rupturas", destaca Pablo Pazos, account executive da VTEX.

Com o projeto, a PicPay Store agora conta com mais de 30 lojistas, como Multilaser e Polishop, além dos produtos que já eram vendidos anteriormente, como recarga de celular, Tele Sena, Uber.

Impulsionada pelo recém lançado marketplace, a loja dobrou de tamanho no primeiro semestre de 2021, tanto em transações quanto em volume total de pagamento (TPV, na sigla em inglês).

Criada em 2012 por três empreendedores de Vitória, a PicPay foi a primeira empresa de tecnologia do país a oferecer o QR Code para pagamentos instantâneos. A fintech foi posteriormente adquirida pela J&F Participações, holding da família Batista. 

No ano passado, a companhia teve um TPV de R$ 49 bilhões, uma receita líquida de R$ 389 milhões e um prejuízo líquido de R$ 803 milhões.

O crescimento da sua base de clientes tem sido substancial: em 2018, eram 10 milhões de usuários, número que saltou para 15 milhões no ano seguinte, 39 milhões no final de 2020 e 50 milhões em abril deste ano. O IPO deve sair em 2023.

Segundo o relatório IDC Worldwide Digital Commerce 2019 Market Share, a VTEX é a plataforma de e-commerce que mais cresce no mundo, com um aumento de faturamento de 44,1%, quase quatro vezes a média mundial de 13,2% no segmento.

O estudo ainda elegeu a companhia como uma das plataformas líderes do B2C, junto com nomes como Salesforce e Adobe e à frente de gigantes como SAP e Oracle.

Hoje, a empresa conta com 2 mil clientes com mais de 2,5 mil lojas em 32 países. A lista inclui nomes como Boticário, Whirlpool, Electrolux, Sony, Walmart, L´Oréal, Coca-Cola, Nestlé, Motorola, Samsung e Black&Decker.

Veja também

FINTECH
Nubank compra Spin Pay

A paulistana é especializada em Pix e Open Banking para o varejo on-line.

SAAS
Nova plataforma promete sacudir mercado de food service

Com gigantes como McDonald’s, Domino’s e Outback, solução vai se integrar a todos os marketplaces de delivery.

FINTECHS
PicPay compra Guiabolso

Em aposta no mercado de open banking, transação pode chegar a R$ 200 milhões.

EMBARQUE
Klien é novo CEO da ClickBus

Profissional fundou a agência Predicta e passou por OLX, Uber e Twitter.

BOLSA
PicPay fará IPO na Nasdaq

Há uma semana, a fintech de pagamentos bateu mais de 50 milhões de usuários.

AQUISIÇÃO
Serasa Experian compra BrScan

Empresa é especializada no segmento de antifraude e compliance para processos de onboarding.