O recurso de eventos do LinkedIn está disponível inicialmente em países de língua inglesa. Foto: Divulgação.

O LinkedIn, rede profissional adquirida pela Microsoft em 2016, conta com um novo recurso chamado Events. A ferramenta (atualmente gratuita) é voltada para o planejamento e a divulgação de eventos e palestras.

O recurso - que aparece como um item de menu no site e no aplicativo do LinkedIn - está disponível inicialmente em países de língua inglesa. O objetivo da empresa é expandir a ferramenta para outros mercados logo depois.

"Eu acho que há um espaço em branco enorme para eventos hoje. As pessoas não têm um único local para organizar encontros offline [relacionados ao trabalho] específicos de um setor ou de um bairro. As pessoas querem encontrar outras pessoas”, declara Ajay Datta, chefe de produto do LinkedIn India, em entrevista ao TechCrunch.

O Events é o primeiro recurso global importante a ser construído no escritório de pesquisa & desenvolvimento da empresa em Bangalore, na Índia. Até agora, grande parte do trabalho feito no local era focado em ferramentas regionais ou para mercados emergentes.

No momento, o uso da ferramenta de eventos é gratuito e limitado em sua primeira iteração, segundo o TechCrunch. É possível criar um anúncio e convidar contatos em primeira pessoa, mas não há um modo para promover o evento além do seu alcance orgânico na plataforma.

O usuário pode utilizar o sistema para definir seus planos, mas não há links para contratação de serviços ou localização de espaços disponíveis. A ferramenta não inclui a emissão de bilhetes ou criação de limitações nos números de presença, mas aceita links para portais de inscrição ou venda de ingressos.

De acordo com dados do LinkedIn, as reuniões presenciais aumentam as chances de aceitação de uma conexão na rede profissional de 20% para 80%.