A Sotreq decidiu implantar o Office 365 em uma parceria com o Grupo Processor. Foto: Divulgação.

Interessada em diminuir o custo de Custo Total de Propriedade (TCO), melhorar a administração do seu ambiente interno e ter maior escalabilidade, a Sotreq decidiu implantar o Office 365 em uma parceria com o Grupo Processor

O projeto levou cerca de um mês até estar finalizado. Primeiro foi feita a migração de 150 usuários das empresas de menor porte do grupo, o que serviu de preparação para chegar às seis mil contas migradas no final do processo. 

A empresa vinha enfrentando alguns problemas de instabilidade do sistema antigo, o que também acabava se refletindo em um alto custo de TCO e administração. Além disso, o ambiente não era flexível para mudanças.

“Com o Office 365 a nossa ideia foi trazer estabilidade, escalabilidade e também conectividade com outras aplicações, tornando o ambiente mais integrado”, comenta o supervisor de tecnologia e segurança da Sotreq, Luyper Silveira.

Além da solução de e-mail na nuvem, a adoção do Office 365 permitiu à empresa passar a usar o Skype for Business (antigo Lync) e, com isso, ter acesso a recursos de colaboração, como áudio e vídeo nas apresentações. 

Outra vantagem foi o volume maior de área de armazenamento de e-mails. Antes, sempre que a empresa precisava aumentar a estrutura para atender novos usuários, vinham muitos custos envolvidos, como de backup e expansão de armazenamento para suportar o aumento da demanda por espaço.

Além das melhorias do e-mail, a empresa teve um incremento na colaboração para o atendimento aos clientes internos, bem como possui hoje acesso remoto às estações. 

O Office 365 já está implantado em todas as unidades do Brasil - Sotreq, Somov, MDPower, Soimpex, Sematech e Sitech. 

A implantação do Office 365 no Sotreq foi precedida por um desafio, enfrentando com sucesso pela equipe de TI da empresa e pela equipe da Processor: fazer a consolidação dos domínios, desde a sede até as filiais. 

A empresa tinha dez sites de domínios principais, cada um com um método de autenticação diferente e com usuários atrelados a domínio filho. Feito este trabalho, só restou o Sotreq.net. 

“Esta etapa de consolidação foi crucial para prepararmos o ambiente e torná-lo aderente para a solução na nuvem” diz o analista de suporte de tecnologia e segurança da Sotreq, Rafael Mamedes.

O maior desafio nesse caso foi realizar esta consolidação de todas as unidades a partir de sua matriz no Rio de Janeiro. Foram criadas documentações e realizado repasses aos técnicos de suporte de cada localidade que iriam apoiar nesta migração. 

Revendedora de máquinas, peças, serviços e sistemas Caterpillar há mais de 70 anos, a Sotreq apresenta soluções para obras de infraestrutura nos setores de construção geral, construção pesada, agrícola, agregados, industrial, florestal, pavimentação, petróleo e gás, mineração, energia e marítimo. 

Com matriz em Porto Alegre, a Processor tem unidades em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Joinville, Londrina, Chapecó e Belo Horizonte, além de operações no Chile, Colômbia e escritórios comerciais na Argentina e Estados Unidos. 

O grupo foi eleito pela Microsoft o Parceiro do Ano no Brasil – 2013. O portfólio inclui consultoria, outsourcing, ERP, suporte, serviços técnicos, aplicações (BI, BPM, portais), segurança e CRM.