Alexandre Nigri, head de produto da Sotran Logística. Foto: divulgação.

A Sotran Logística anunciou a contratação Alexandre Nigri como head de produto. O profissional, que já trabalhou na 99 e na iFood, atuava anteriormente na Quicko, uma startup de mobilidade urbana, como CPO.

A cadeira de Nigri na startup foi ocupada por Uriel Jaroslawski, ex-Mercado Livre, que passa a ser head de tecnologia e produto na Quicko.

Formado em Desenho Industrial na Universidade Estácio de Sá, Nigri atua desde 1999 como designer e gestor de produtos digitais. 

O executivo liderou a área de produtos na 99, startup que se tornou o primeiro unicórnio brasileiro, e tem passagem também pelas empresas Globo.com, Ogilvy, iG, iFood e Grupo Zap.

Rafael Fridman, ex-Repom, também foi contratado pela Sotran como head de pagamentos. Ambos irão atuar na TMOV, nova plataforma digital da empresa que conecta motoristas e cargas disponíveis em tempo real e em todo o território nacional.

Graduado em Administração de Empresas pela PUC São Paulo, Fridman possui MBA em Gestão Estratégica de Serviços pela Fundação Getúlio Vargas. 

Fridman começou a carreira como estagiário na Repom, em 2005, e depois atuou por quatro anos na Presscargo. Em 2012, retornou para a primeira empresa, atuando em cargos de coordenador e gerente até 2019.

De acordo com a Sotran, a empresa tem investido pesado em pessoas e tecnologia desde 2016, quando recebeu um investimento da Arlon Group, fundo de private equity norte-americano.

O TMOV é uma plataforma digital que atua como um hub para conectar caminhoneiros que trabalham com agronegócio no Brasil e as cargas, em tempo real, oferecendo soluções para toda a sua jornada, incluindo meio de pagamento, seguro e outros serviços. 

A solução surgiu dentro da Sotran Logística, que conta, atualmente, com 500 funcionários e opera em 14 estados brasileiros, atendendo clientes como Cargill, Coamo e Coopersucar.