LOGÍSTICA

Praxio compra Fusion

16/12/2020 14:02

Startup recifense nasceu na Universidade Federal de Pernambuco e foi acelerada no CESAR Labs.

Emílio Saad Neto, CEO da Fusion. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Praxio, desenvolvedora de software para o segmento de transporte, anunciou a aquisição da Fusion, startup recifense que criou um sistema para monitorar a logística de distribuição e a entrega de produtos.

O valor do negócio não foi revelado, mas a startup tem faturamento estimado em mais de R$ 10 milhões anuais e cerca de 400 clientes.

Fundada em 2014, a Fusion nasceu na Universidade Federal de Pernambuco e foi acelerada no CESAR Labs, braço de experimentação e empreendedorismo do centro de inovação e transformação digital — onde a empresa ajustou a estratégia, pivotou o produto e saiu para o mercado.

Batizada de Fusion DMS, sua solução reúne softwares de gestão de entregas e acompanhamento das rotas em tempo real. 

Além de roteirizar as entregas, também monitora o plano de distribuição das mercadorias e oferece um aplicativo para controlar a jornada de trabalho dos motoristas remotamente.

O software web fornecido em SaaS é composto por sete módulos integrados com mais de 30 ERPs do mercado. 

"A venda da nossa participação na Fusion significa o coroamento de uma parceria vencedora, prazerosa e lucrativa com o CESAR Labs. Tenho muito orgulho em integrar o time dos primeiros que acreditaram nesta iniciativa", afirma Yves Nogueira, um dos investidores-anjo.

Mesmo com a transação, Emílio Saad Neto, CEO da Fusion, continua à frente do negócio. 

"Há uma sinergia enorme, pois venderemos os produtos da Fusion na área de transportadoras, que a Praxio domina, e traremos os produtos deles para o mercado de distribuição, onde somos fortes", explica Saad Neto.

A Fusion é quarta aquisição da Praxio, que também comprou a HiveClou, Autumm e Avacan, num valor total investido de R$ 75 milhões.

Fundada em 1981, a Praxio tem sede em São Paulo e escritórios no Rio de janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Pernambuco. A empresa se posiciona como especialista no transporte rodoviário e em logística, contando com soluções como ERP e WMS.

Nascido em 1996, o CESAR faz parte do Porto Digital, parque de Recife que agrega mais de 300 empresas dos segmentos de Tecnologia da Informação e Comunicação e economia criativa — além de ter regionais em Sorocaba, Curitiba e Manaus e atuação em São Paulo e Rio de Janeiro.

Veja também

APOSTAS
Dialog, O2OBOTS e Manfing levam desafio da Meta

Startups serão investidas pela companhia de tecnologia dentro do programa Bring Your SaaS.

FINTECH
Digio usa FICO para comunicar fraudes no cartão

Taxa de sucesso no contato com os clientes aumentou de 25% para 66%.

VAREJO
Grupo Tacla investe R$ 1 milhão em aplicativo

App foi desenvolvido pelo Tacla Labs e terá seu próprio marketplace de shoppings.

CARREIRA
Ideval Munhoz sai da Oi

Executivo havia assumido cargo de diretor de Regionais B2B em 2019.

COMPRAS
Floki recebe aporte de R$ 3,6 milhões

Rodada pré-seed foi liderada pela Iporanga Ventures e teve a participação de investidores-anjo.

AQUISIÇÃO
Hyundai compra Boston Dynamics por US$ 921 milhões

Sul-coreana ficará com 80% da empresa de robótica, com o SoftBank controlando o restante.

SÉRIE
Locaweb compra Melhor Envio por R$ 83 milhões

Quinta compra no ano, segunda no mês de dezembro. A lista ainda é longa.

SEGUROS
SulAmérica detecta fraudes com IA

Projeto entregue pela Accenture combina tecnologias como Python, R e H2O. 

NOMES
Pipefy contrata executivo americano

Ananth Avva já participou da venda de três startups nos Estados Unidos. Vem mais uma por aí?

AUTO
Carros pequenos: como escolher a melhor opção

O primeiro passo é analisar se o valor a pagar traz um bom benefício que compense o custo.