Até a geladeira. Foto: flickr.com/photos/brixton

Uma geladeira foi invadida pela primeira vez por um ataque do tipo botnet.

É o que relataram profissionais de segurança da Proofpoint em um recente relatório.

Cerca de 100 mil eletrodomésticos inteligentes tiveram seus sistemas invadidos. Foram enviados uma média de 750 mil e-mails maliciosos para empresas e indivíduos em todo o mundo.

O ataque que faz uso de computadores para envio de spams, denominado “botnet”, surpreendeu os pesquisadores da Proofpoint ao descobrirem que mais de 25% dos e-mails não partiram de computadores pessoais. 

Nessa porcentagem, estavam inclusos roteadores, centrais multimídia, televisores e ao menos uma “Smart Fridge”, uma geladeira com software embarcado.

O mercado de Internet das Coisas (IC), conceito que integra a comunicação das máquina à internet, prevê um rendimento de US$ 8,9 trilhões em 2020.