Baguete
InícioNotícias> M. Dias Branco migra para Linux

Tamanho da fonte:-A+A

OPEN SOURCE

M. Dias Branco migra para Linux

Leandro Souza
// quinta, 17/03/2016 09:40

A M. Dias Branco, empresa nacional do segmento de biscoitos e massas, investiu na migração de suas operações para a plataforma Linux, usando a solução Igloo.

Fábrica de biscoitos e massas migra sistemas para Linux. Foto: Shutterstock.

Em um processo de três meses concluído em novembro do ano passado, a empresa migrou cerca de 1,5 mil máquinas - o equivalente a 50% da operação de TI da companhia - para Linux, usando a versão Ubuntu.

Segundo destacou a Igloo, o processo foi feito em fases e conduzido pela F13 Tecnologia, empresa cearense especializada em software open source.

Antes da migração, a equipe de integração avaliou todos os softwares utilizados por cada cliente e verificou a viabilidade de homologá-los para uso no Ubuntu.

Apesar do projeto envolver um grande número de customizações, a taxa de sucesso da migração foi de 100%, afirma a M. Dias Branco, empresa que controla marcas como Adria, Isabela, Pilar, entre outras, e teve um faturamento de R$ 4,6 bilhões em 2014.

Além do projeto de migração, os desenvolvedores do Igloo forneceram o treinamento para o uso da plataforma pelos funcionários da M. Dias Branco. Para a fabricante alimentícia, a mudança resultará numa economia de R$ 2 milhões ao ano.

Para Erlon Pinheiro, desenvolvedor do Igloo, empresas como a M. Dias Branco estão investindo na migração para o Linux para conseguir economia, segurança e produtividade em um único pacote.

"Em geral, as empresas precisam pagar a licença do Windows, mais suíte Office, outros programas específicos e um bom antivírus. O Linux, como é open source, possibilita fazer as mudanças necessárias para as adequações, além de ser gratuito", explica.

Para Daniel Simon, gerente de infraestrutura de TI da M. Dias Branco, o projeto de uso de Linux já deu resultados e deve ser expandido dentro da operação.

"O nosso próximo passo é adaptar os notebooks, etapa que deve começar a partir do meio do ano", afirma o gerente da fabricante de massas e biscoitos.

Com mais de 50 anos de mercado, a M. Dias Branco tem unidades em treze cidades no país e empresa mais de 17 mil pessoas em suas operações. A empresa atua nos segmentos de fabricação e venda de biscoitos e massas, assim como moagem de trigo, refino de óleo, gorduras, margarinas e cremes vegetais. 

Leandro Souza