WorldPay quer acelerar na América Latina. Foto: divulgação.

A Worldpay, provedora global de serviços de pagamento anunciou oficialmente a entrada da marca no mercado latino-americano, com a abertura de um escritório em São Paulo.

Segundo destacou a companhia em nota à imprensa, a operação local da empresa estava em planejamento desde abril de 2014, quando a Worldplay comprou a brasileira Cobre Bem, por um valor não divulgado.

Mesmo sem usar oficialmente a nova marca, a Cobre Bem registrou crescimento em 2014, triplicando o número de pagamentos processados, dobrando a sua receita em relação a 2013. O plano da nova companhia é de fechar 2015 com mais de 40 milhões de pagamentos processados.

Além do Brasil, a operação atual da Worldpay compreende México, Argentina, Colômbia, Chile e Peru, e tem seu foco em e-commerces com atuação multinacional. Segundo Floris de Kort, CEO da divisão de e-commerce da empresa, a meta é oferecer opções de parcelamento de compras mais ágeis para consumidores da América Latina.

"O mercado latino-americano ainda está amadurecendo, com preferências de métodos de pagamento variadas de acordo com cada país. Negócios novos e já estabelecidos enfrentam com frequência o problema de ajustar-se à ampla gama de plataformas de compras que seus clientes utilizam", avalia o executivo.

Juan Pablo D'Antiochia será o diretor-geral para a América Latina da Worldpay, responsável pela nova estratégia e pela reestruturação do grupo para atender às demandas da região.

"Os 17 anos de experiência da Worldpay em pagamentos globais e seu histórico de trabalho com empresas multinacionais, em processos internacionais complexos de faturamento online, coloca-nos na posição ideal para ajudar os negócios da América Latina a atender a demanda de seus mercados", completa D'Antiochia

Em menos de um ano desde a aquisição da Cobre Bem, a Worldpay também duplicou sua base de empregados nos seus três escritórios no Brasil, Argentina e México, e planeja aumentar em 25% sua força de trabalho latino-americana em 2015.

Empresa criada em 2002 pelo Royal Bank of Scotland, a Worldpay se tornou uma empresa privada em 2010 após ser adquirida pelos fundos Advent International and Bain Capital por £ 2 bilhões, e desde então investe em sua expansão global.

Com sua operação principalmente concentrada em países da Europa, a companhia oferece serviços de cartão de crédito, operações de tesouraria, gateway de pagamentos, pagamentos alternativos e gestão de risco. No primeiro semestre de 2014 (últimos resultados divulgados) a companhia registrou uma receita de £ 1,72 bilhão.