A aferição de temperatura dos colaboradores é realizada antes do início de cada turno. Foto: divulgação.

A Klabin, produtora e exportadora de papéis para embalagens, desenvolveu internamente um aplicativo para agilizar o atendimento médico aos colaboradores como prevenção à covid-19.

Criada pela equipe de inovação e tecnologia da companhia, a solução foi programada para atender, inicialmente, a uma demanda da unidade florestal da empresa no Paraná, que mantém equipes trabalhando longe dos centros urbanos.

Na prática, a aferição de temperatura dos colaboradores é realizada diariamente antes do início de cada turno.

Caso alguma alteração seja percebida, o aplicativo Klabin Saúde é acessado por meio da leitura de QR Code presente no crachá do profissional. 

Uma notificação é enviada automaticamente ao médico de plantão, que consegue acessar os dados do prontuário do colaborador. 

Na sequência, o atendimento é feito por telefone e a equipe médica faz uma avaliação do caso. Se necessário, o colaborador é afastado como medida de segurança.  

Os colaboradores também preenchem um questionário para autoavaliação no aplicativo antes de cada turno e, caso alguma resposta indique risco de infecção, o médico é avisado e o profissional recebe uma notificação de que não poderá iniciar o trabalho. 

O contato com o médico é feito na sequência para uma consulta mais detalhada.

Após o teste nas unidades florestais, considerado efetivo, a empresa está trabalhando na ampliação para as fábricas da Klabin já com novas funcionalidades. 

“Além de prevenirmos a disseminação do coronavírus, com o uso do aplicativo podemos fazer uma leitura mais analítica, identificando regiões críticas e mapeando cenários que ajudam na tomada de decisões”, destaca Sérgio Piza, diretor de gente e serviços corporativos da Klabin.

A Klabin não chegou a paralisar suas operações por conta do coronavírus, uma vez que mais de 80% da produção de celulose, papéis para embalagens e embalagens de papel da empresa é direcionada a itens considerados de primeira necessidade.

Entre os segmentos atendidos, está o de alimentação (industrializados e in natura), higiene (papel higiênico, lenços, creme dental) e limpeza (sabão em pó e sabonete, por exemplo). 

A companhia também é a única produtora de celulose fluff no Brasil, insumo primordial para a produção de fraldas descartáveis infantis e geriátricas. Só no país, a empresa é responsável pelo abastecimento de 50% deste mercado.

Segundo a empresa, a manutenção das operações foi garantida intensificando os protocolos de saúde e segurança, com a inclusão de dezenas de ações de contingência na rotina diária e redução das operações ao limite técnico.

Fundada em 1899, a Klabin conta com 19 mil colaboradores em 18 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.