Agora com BYOD.

Tamanho da fonte: -A+A

O Hospital das Clínicas de São Paulo usou tecnologia da Aerohive com consultoria da FirstTech para permitir que 500 funcionários pudessem trazer seus próprios dispositivos para usar na rede sem fio da instituição.

A iniciativa de BYOD suporta mais de mil dispositivos móveis. A estimativa do hospital é que a tecnologia da Aerohive tenha possibilitado uma redução de 40% nos custos do projeto.

 O Complexo Hospital das Clínicas tem 2,2 mil leitos distribuídos entre institutos especializados, hospitais auxiliares, divisão de reabilitação e hospital associado. São 15 mil funcionários.

“Os próprios usuários adquiriam roteadores wireless e os conectavam à rede,  dificultando o  controle e  impossibilitando o suporte, no  caso da ocorrência de problemas”, diz Jorge Futoshi Yamamoto, gerente de Conectividade do Núcleo Especializado em Tecnologia da Informação (NETI).

Hoje em média 70 dispositivos por dia, entre smartphones, tablets e notebooks, utilizam a rede do HC. O máximo de dispositivos conectados ao mesmo tempo já detectado foi de 127.