Lars Janér, diretor para a América Latina da Instructure. Foto: Divulgação.

A Instructure lançou no Brasil a versão em português da plataforma LMS Canvas. O sistema disponibiliza aos estudantes, professores e gestores os recursos de um ambiente virtual de aprendizagem (LMS, na sigla em inglês).

“Já temos mais de 40 clientes na América Latina​, alguns deles no Brasil. O maior deles é a rede Whitney, que agora se chama Ilumno, um grupo de 11 universidades em toda a região que inclui também instituições de ensino superior no Brasil”, relata Lars Janér, diretor para a América Latina da Instructure.

No Brasil, uma das primeiras clientes é a Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo).

O LMS Canvas é um software aberto, o que permite que diversos aplicativos e programas educacionais criados por outras empresas sejam integrados facilmente. 

“A plataforma favorece o compartilhamento de conteúdos, discussões, com a opção de vídeos para agilizar a comunicação entre professores e estudantes, além de disponibilizar a programação das aulas, notas, e possibilitar a avaliação e o engajamento dos alunos e universitários com as atividades propostas”, explica Janér.

O LMS Canvas foi concebido e desenvolvido pelo time da Instructure. Lançada em 2011, o sistema conta com 1,6 mil clientes pagando pela versão em nuvem, com 18 milhões de usuários. 

“Oferecemos nossa plataforma na nuvem de graça para professores (pessoa física), que podem usar Canvas para suas aulas. Cobramos apenas de instituições (pessoa jurídica). Com essa estratégia, muitos professores observam na prática a simplicidade e o poder do nosso LMS e ajudam a torná-lo conhecido rapidamente”, relata Janér.

Antes de ingressar na Instructure, em 2015, Janér liderou a Kaltura - plataforma de vídeos online - no Brasil e na América Latina. O executivo ainda passou por maxiPago! e Bonera Software e Participações.

O time da empresa em São Paulo conta hoje com oito colaboradores.