A Tenax adotou a versão em nuvem do Microsoft Dynamics AX 2012. Foto: Divulgação.

A Tenax adotou a versão em nuvem do Microsoft Dynamics AX 2012. O projeto, desenvolvido pela Inove, conta com hospedagem na Azure.

A multinacional com sede em Itália tem escritórios em outros 6 países Turquia, Estados Unidos, Brasil, Índia, Espanha e África do Sul). Com o ERP utilizado anteriormente - desenvolvido pela empresa - se tornando obsoleto, o grupo Tenax buscava um único sistema para controlar todas as operações, incluindo vários idiomas e moedas. 

No Brasil, a empresa conta com os módulos contas pagar, contas a receber, tesouraria, compras, vendas, faturamento, exportação e importação.

A Itália usou o Axapta versão 2012 R2 e a versão R3 foi implementada Brasil. A equipe do projeto modelou os processos do Brasil com base no italiano. Além disso, as operações da Turquia, Índia e Estados Unidos também utilizam as aplicações que hoje estão hospedadas no Azure.

O uso do sistema no Brasil foi iniciado em agosto de 2015. Hoje a Tenax começou a consolidação de dados entre todas as subsidiárias, para que os gerentes tenham uma visão mais clara das informações, facilitando o controle do negócio.

A Inove estima que se o Dynamics AX 2012 tivesse sido implantado em servidores locais, o custo de manutenção e de investimento da Tenax seria 36% maior do que os valores para os créditos no Azure, além disso, optar pela infraestrutura em nuvem tornou possível uma redução de 15 dias no projeto de implementação do Dynamics AX. 

"Nós escolhemos o Azure e a Inove porque internamente não tínhamos o know-how para gerenciar e oferecer suporte para esse tipo de tecnologia. Outro destaque é que a Inove nos ajudou não só com o apoio do Dynamics AX no Brasil, mas também na previsão dos valores que precisamos investir em Azure e na sua gestão”, comenta Paola Simoncelli, gerente de projetos no grupo Tenax.

A Tenax iniciou suas atividade em 1956, produzindo o mástique para os mercados locais e internacionais. Ao longo do tempo, suas ofertas foram se expandindo e atualmente produz ferramentas de diamante revestido, resinas, mástiques, abrasivos, polimentos e ceras, usadas principalmente para trabalhar pedras e seus subprodutos.