Sanjay Mehrotra, CEO da Sandisk. Foto: Divulgação.

A SanDisk firmou um acordo para comprar a Fusion-io por cerca de US $ 1,1 bilhão, levando o provedor de sistemas de armazenamento do Facebook e da Apple, além de um caminho para crescer seu negócio de centro de dados.

Fundada em 2005, a Fusion-io combina software e chips de memória para acelerar a taxa com que servidores podem acessar os dados. Vale destacar que a empresa conta com Steve Wozniak, co-fundador da Apple, como seu cientista-chefe.

A oferta em dinheiro é de US$ 11,25 por ação – 21% superior ao preço de fechamento da Fusion-io na sexta-feira, 13. O acordo foi aprovado pelos conselhos, segundo a Bloomberg.

A SanDisk, que produz chips de memória flash, cartões de memória e unidades de armazenamento, mira com a compra um crescimento em centros de dados, onde ele pode cobrar mais por seus produtos.

As vendas anuais de dispositivos de armazenamento de dados como os da Fusion-io podem chegar a US$ 7 bilhões em 2017, de acordo com o IDC. 

Esses sistemas, baseados em chips de memória flash feitos por empresas como a SanDisk, são mais rápidos e mais eficientes do que os discos rígidos tradicionais. 

Isso faz com que seja útil para os clientes Fusion-io, como Apple e Facebook, que têm data centers que estão em constante processamento de grandes quantidades de informação.

A transação deverá ser concluída até o terceiro trimestre do ano fiscal de 2014 e aumentar os ganhos da SanDisk na segunda metade de seu ano fiscal de 2015.