Alta gestão da Symantec passou por uma mexida forte no Brasil. Foto: flickr.com/photos/johnjoh/

A Symantec promoveu uma sacudida geral na sua operação brasileira, com a saída de diversos executivos chave, relata a CRN citando fontes de dentro da empresa. 

Vicente Lima não responderia mais pelo cargo de presidente da operação, que havia assumido no começo de 2012. Lima estava desde 2009 na Symantec, vindo da F5 Networks.
 
Quem estaria de retorno para comandar a multinacional seria Wagner Tadeu, que já exerceu o cargo entre 2008 e 2011, quando foi promovido para a liderança da América Latina. 
 
Outro que estaria mais na empresa é Fabiano Tricarico, vice-presidente da área de consumo da companhia, responsável pelas vendas do antivírus Norton. O executivo estava na empresa desde 2002.
 
A posição seria assumida por Beto Santos, country manager da Norton no país.
 
Douglas Wallace, diretor de vendas via canais na América Latina, também não integra mais a equipe da Symantec na região. Não há informações sobre quem substituirá o executivo na função.