A CEMAR adotou o sistema centralizado de self-healing desenvolvido pela Elipse. Foto: haraldmuc/Shutterstock.

A CEMAR (Companhia Energética do Maranhão) adotou o sistema centralizado de self-healing desenvolvido pela Elipse Software em parceria com a PowerSysLab. 

O módulo self-healing foi implementado com os equipamentos localizados na cidade de São Luís, em uma região urbana, onde foram instalados 55 novos religadores e aproveitadas algumas chaves seccionadoras já existentes no parque da companhia, abrangendo 19 alimentadores e 7 subestações. 

Com a tecnologia, a CEMAR vem obtendo melhorias nos indicadores de continuidade da região atendida pelo self-healing, uma vez que consegue calcular e executar automaticamente o melhor conjunto de manobras a serem realizadas junto à rede para reduzir ao máximo o número de cargas atingidas por desligamentos. 

O módulo utiliza algoritmos como os de fluxo de potência e processamento topológico para identificar o melhor conjunto de manobras a ser realizado remotamente, priorizando restabelecer a maior carga possível de forma segura e estável.

A sequência de atuação do sistema é iniciada mediante a detecção de qualquer evento de restabelecimento ou sobrecarga nos equipamentos de campo. Uma vez detectado o evento, o módulo pesquisa sequências de manobras que respeitem os limites operacionais da rede, buscando restabelecer a maior carga possível através do menor número de manobras. 

Quando é identificada a manobra a ser executada, o módulo realiza a adequação do grupo de ajuste de proteção de cada equipamento para, então, realizar os comandos de abertura e fechamento nos equipamentos selecionados . 

Em fevereiro deste ano, o sistema de self-healing teve sua primeira atuação concluída, após a atuação permanente da proteção de um disjuntor da subestação Itaqui. O sistema levou 10 segundos para isolar a falta e recompor o circuito desenergizado.

A CEMAR atuar em toda área de concessão do estado do Maranhão e está distribuída nas regionais com escritório em São Luís, Bacabal, Timon e Imperatriz. A organização atende aos 217 municípios, o que corresponde a mais de 2 milhões de clientes.

A Elipse Software, com sede em Porto Alegre, é uma empresa de atuação nacional, com filiais em São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Estados Unidos e Taiwan.