Luiz Sérgio Vieira, CEO da EY Brasil. Foto: divulgação.

A EY, multinacional britânica especializada em serviços de auditoria, impostos, transações corporativas e consultoria, está oferecendo um MBA na Hult International Business School gratuitamente para todos os seus 284 mil funcionários em mais de 150 países.

Segundo a empresa, a ideia de oferecer a formação on-line foi resultado da valorização da aprendizagem virtual por conta da pandemia de Covid-19, durante a qual a EY teve um aumento de 40% no acesso a cursos e treinamentos digitais.

"Enquanto o mundo continua administrando e se adaptando à Covid-19, acreditamos que as habilidades das pessoas serão um diferencial. O MBA EY Tech permitirá que os nossos funcionários elaborem estratégias para ajudar os clientes a navegarem por uma disrupção sem precedentes", afirma Luiz Sérgio Vieira, CEO da EY Brasil.

No MBA, os funcionários interessados poderão construir seu próprio currículo a partir de diversas áreas, desde inteligência artificial (IA), blockchain e automação de processos robóticos (RPA) até diversidade, inclusão e práticas comerciais sustentáveis.

O aluno precisará preencher 16 etapas, abrangendo tópicos de tecnologia e liderança, além de um projeto final. A carga horária total é superior a 300 horas.

"Nesse modelo inovador, o MBA permite que as pessoas da EY desenvolvam as capacidades necessárias em qualquer lugar do mundo, da maneira que realmente lhes convêm", afirma Cristiane Amaral, líder de gestão de talentos da EY.

Fundada em 1989, a EY teve receita de US$ 36,4 bilhões em 2019. No Brasil, a multinacional tem escritórios em 12 cidades com um time de cinco mil profissionais.

Também de origem inglesa, a Hult International Business School é uma escola particular de negócios com campus em Cambridge, Londres, São Francisco, Dubai, Nova York e Xangai.