Huawei do Brasil ganha autonomia. Foto: divulgação.

A Huawei reestruturou sua gestão no Sul e Norte da América Latina, unificando suas operações antes desconectadas. Neste processo, quem ganhou foi a unidade brasileira da empresa asiática, que agora funcionará de forma autônoma.

Segundo destaca a Computerworld, agora a empresa passará a responder diretamente à matriz da fabricante, na China. A decisão é resultado do bom desempenho registrado pela marca no país. Em 2014, a empresa teve um faturamento de US$ 1,5 bilhão no país. Globalmente, a empresa tem uma receita de US$ 46,5 bilhões.

“Nos últimos 16 anos fizemos muito [no mercado brasileiro] mas há muito espaço para fornecer melhores serviços e aplicações”, comentou Jason Zhao, CEO da subsidiária nacional da provedora.

Com a liberdade adquirida para atuar no Brasil, a companhia mira o potencial de ofertas em infraestrutura de dados, com data centers e aplicações em cloud.

Contando com unidades em São Paulo (onde tem também um centro de pesquisa), Rio de Janeiro, Brasília, Recife e Curitiba, a companhia anunciou nos últimos anos uma série de parcerias para reforçar sua presença no país, se alinhando com instituições de ensino, operadoras e empresas.

Em maio, a Huawei e a TIM anunciaram um acordo de cooperação para pesquisa e desenvolvimento de tecnologias de banda larga móvel em 4G para o Rio de Janeiro, incluindo a criação de um centro de inovação na cidade. A parceria visa as oportunidades que os Jogos Olímpicos de 2016 podem trazer para a capital carioca.

No Rio Grande do Sul, a companhia asiática firmou no ano passado a instalação de um centro de inovação no Tecnopuc, parque tecnológico da PUC-RS. Com o acordo, a estatal gaúcha de procassamento de dados Procergs e a Huawei vão trabalhar em conjunto em projetos de cidades digitais, computação em nuvem e comunicações unificadas.

Quanto à atuação latino-americana da Huawei, existe a possibilidade de que o escritório que comandará a região seja no México, pois o presidente da provedora para a América Latina, Zheng Liangcai, fica baseado no país.