Bump agora é do Google. Foto: divulgação.

O Google anunciou nesta segunda-feira, 17, a compra da startup Bump, desenvolvedora de um app de compartilhamento de arquivos via Near Field Communication (NFC) em dispositivos móveis.

O app, que permite compartilhar dados apenas encostando um aparelho em outro com o mesmo app, estava com problemas em gerar receitas, mesmo com uma grande base de usuários.

Segundo dados divulgados em março, o Bump registrava mais de 125 milhões de downloads na App Store, sem contar a base de Android. No entanto, o crescimento no iOS foi estancado pela própria Apple, que incluiu no iOS 7 o AirDrop, app nativo com a mesma funcionalidade.

O acordo também inclui os apps "irmãos" do Bump, o Flock - app de compartilhamento de fotos com georeferenciamento - e BumpPay, uma ferramenta de pagamentos móveis via NFC que ainda estava em testes.

Conforme matéria do TechCrunch, fontes de mercado revelam que o Google pagou US$ 35 milhões para levar o Bump e seus spin-offs, que já acumulavam cerca de US$ 20 milhões de fundos como Sequoia e Felicis, em investimentos para expansão.

Após a compra, o app deve continuar gratuito para download, e tem tudo para se firmar como uma marca forte nas investidas do Google no NFC. E se existe uma coisa em que a empresa de Mountain View é especialista, é gerar receitas através de aplicações grátis.

"A chegada do Bump foi uma maneira de acalmar os investidores que temiam pela perda de seu dinheiro, assim como dá oportunidade para buscar efeitos mais impactantes ao aproveitar os recursos do Google", diz Josh Constine, do TechCrunch.