O tema é segurança e zeladoria tecnológica para o Vale do Anhangabaú e arredores. Foto: divulgação.

O hub de inovação ISSO! está buscando startups para o programa Hackeando Centro, que visa impulsionar o desenvolvimento da região central de São Paulo. 

O prêmio é de R$ 50 mil e as inscrições acabam no dia 15 de janeiro. 

Esta primeira edição, que dura até abril de 2020, será focada em  SecureTech, com o tema "Segurança e zeladoria tecnológica para o Vale do Anhangabaú e arredores". 

O Vale do Anhangabaú é uma região localizada no centro de São Paulo, situada entre os viadutos do Chá e Santa Ifigênia.

Para isso, o programa busca atrair startups que têm atuação na área de segurança pública para testar suas tecnologias, utilizando dados reais e em um ambiente representado pela região.

Entre os participantes, que devem ser fundadores ou co-fundadores de startups, serão valorizadas competências relacionadas ao enfrentamento de problemas, além de proficiência em português ou inglês.

Os profissionais e estudantes podem ser de áreas como Arquitetura, Design, Engenharias, Gestão de Projetos e Políticas Públicas, Segurança Pública, Tecnologia da informação e Comunicação.

É preciso, ainda, que a startup tenha um produto ou serviço lançado no mercado.

“É uma iniciativa que visa criar um movimento de transformação real, unindo os melhores talentos e recursos. Temos como objetivo levar o conceito de inovação aberta para além de suas aplicações no mundo corporativo”, explica Alessandro Martineli, CMO da ISSO!.

O Hackeando Centro terá também, nas próximas fases, as verticais UrbanTech e DesignTech, com iniciativas ligadas à conectividade, inovação aberta e sustentabilidade.

“Queremos criar um movimento com a participação da sociedade para ajudar a tornar o Centro em um polo de economia criativa, bem como um local para os millenials morarem e trabalharem", acrescenta Martineli.

O projeto de revitalização do centro de São Paulo começou a ser elaborado em 2013 e tem sido um assunto frequente nas gestões da capital paulista. 

Em junho deste ano, a prefeitura anunciou a revitalização do Vale do Anhangabaú. O investimento será de R$ 80 milhões e a manutenção deve ser realizada pela iniciativa privada.