TIM é o novo cliente da NTT Data. Foto: divulgação/TIM.

A TIM assinou dois contratos de serviços gerenciados com a NTT Data, por um período de três anos. 

Um deles envolve operações de aplicações, envolvendo  gerenciamento de problemas e incidentes, eventos e requisições, nível de serviço, capacidade de TI e disponibilidade, além de abarcar a gestão de operação, catálogo de serviço, mudanças e conhecimento.

Outro é focado na infraestrutura, com serviços para banco de dados, rede, salas técnicas, middleware, automação, Unix/Linux e Windows.

“Nós estamos aumentando nosso portfólio no Brasil, principalmente com soluções direcionadas para TI em Telecom, para poder oferecer um serviço cada vez melhor para os nossos clientes”, diz Adriano Figueiredo, sênior manager da NTT Data Brasil.

A NTT Data é a empresa de serviços de TI da gigante japonesa de telecom NTT, o que deve ter pesado na decisão da TIM.;

A empresa abriu as portas por aqui em em 2011, com a aquisição da italiana Value Team, então detentora de uma operação local receita de US$ 60 milhões e 600 empregados.

No começo de 2012, a companhia incorporou também a Total Systems, especializada no segmento financeiro e empregando 200 pessoas.

As cifras divulgadas no final de 2012 falavam de 800 empregados no país, com perspectivas de dobrar os números em dois anos.

Conforme dados do Gartner, a NTT Data é a sexta maior do mundo em sua área de atuação, atrás de IBM, HP, Fujitsu, Accenture e CSC.

A NTT Data teve receita global de US$ 15 bilhões em 2012, sendo US$ 330 milhões no bloco que divulga incluindo Brasil, Austrália e Índia.

De uns tempos para cá, a empresa vem apostando no Paraná, onde abriu a primeira unidade em 2012, em Curitiba. 

Neste ano foram inauguradas duas novas operações, uma na própria capital paranaense, com perspectiva de contratar 220 profissionais, e outra em Londrina, cidade de 517 mil habitantes distante 381 km de Curitiba, onde serão chamados 140.

No Brasil, a empresa tem operações ainda em São Paulo e Rio de Janeiro.

A estratégia de expansão da NTT Data na América Latina tem por meta investir US$ 1 bilhão na região nos próximos anos.