Unifcacs fica em Salvador. Foto: lazyllama / shutterstock.com

A Unifacs, instituição de ensino superior sediada em Salvador, na Bahia, vai oferecer acesso ao Office 365 aos seus 26 mil alunos por meio do programa Student Advantage da Microsoft. 

Os estudantes da universidade baiana poderão utilizar os softwares do Office 365 em até cinco dispositivos, incluindo o smartphone e o tablet, também disponível offline. 

A universidade é mais uma das integrantes do Laureate International Universities, grupo de ensino superior dono de 12 instituições no Brasil, a fechar um acordo do gênero.

No começo de novembro, a Laureate fechou um acordo envolvendo mais de 89 mil estudantes de contas de Office 365.

O pacote incluiu alunos da UniNorte (AM), FPB (PB), UnP (RN) e FG (PE).

O programa, começou com 37 mil alunos na Anhembi Morumbi, a maior instituição da Laureate no país. Nessa ocasião, a parceira responsável pela implementação foi a Brasoftware. Nas notas seguintes, a Microsoft não divulgou quem foi ou se houve um parceiro envolvido na ocasião.

A orientação estratégica da Laureate é criar sinergias entre as diferentes operações, como mostra a adesão no atacado ao Student Advantage.

Também existe uma relação entre as partes além da área educacional. A Microsoft está implementando o Office 365 nas áreas internas das instituições, o que já foi feito na Unirriter e Fadergs para 1,2 mil contas.

A Laureate não abre o número de alunos por unidades, mas Douglas Becker, CEO mundial da empresa, revelou recentemente para a Exame que tem no Brasil cerca de 25% dos seus 800 mil alunos em nível mundial.

De acordo com a Exame, o faturamento da Laureate é de US$ 3,5 bilhões e a empresa tem por trás sócios como o fundo de private equity KKR, o Banco Mundial e a Universidade de Harvard.

No meio do ano passado, a Laureate mostrou seu poder de fogo adquirindo a paulista FMU por uma bolada estimada no mercado de educação em R$ 1 bilhão.