O Tinbot é um robô brasileiro interativo que reúne inteligência artificial, cognição e IoT. Foto: divulgação.

A Ucall, uma das maiores empresas de serviços de contact center de Angola, contratou o Tinbot, um robô brasileiro interativo que reúne inteligência artificial, cognição e IoT.

O robô chamou a atenção da companhia no evento de inovação Whow Festival, em São Paulo.

Após conhecer de perto suas funcionalidades, a angolana decidiu empregar o robô como parte da rede de colaboradores para ser responsável pelo monitoramento de processos e indicadores internos.

O Tinbot também será utilizado pela Ucall em eventos e recepção de convidados e clientes.

Falando em português, o Tinbot conta com reconhecimento facial e de voz, gestos e expressões, além de ser integrável a outros sistemas por meio de APIs, possibilitando interatividade e personalidade humanizada. 

Criada em 2017,  a startup Tinbot Robótica é a desenvolvedora do Tinbot, recebeu investimento do DB1 Group e foi acelerada pelo Inovativa e pela Evoa Aceleradora.

Em agosto deste ano, a Tinbot Robótica conquistou um investimento 10% de João Appolinário, fundador e CEO da Polishop, ao participar do programa Shark Tank Brasil.

O software foi desenvolvido na empresa, assim como a plataforma on-line que integra o robô e permite que o cliente programe e personalize o Tinbot.

Mais de 20 unidades do Tinbot já foram adquiridas por empresas de todo o país, como UniCesumar e Evoa Aceleradora (onde atua na recepção de visitantes), Sicoob (para gerenciamento de indicadores), Cooperativa Cocamar (onde interage com os cooperados), Hotel Villa Rossa (como concierge).

A Ucall é uma das maiores empresas de contact center de Angola, com cerca de 27 milhões de interações com clientes por ano.

A Angola tem uma população de mais de 29,7 milhões de habitantes e tem a língua portuguesa como oficial.