QUALIDADE

Concert é MPS.BR nível G

18/02/2013 10:40

Concert certificada em qualidade de projetos de software. Foto: Flickr.com/mikestimpson

Tamanho da fonte: -A+A

A Concert Technologies, paulista que atua no mercado de TI de tempo real e sistemas críticos nas áreas de utilities, aeroespacial e defesa, se certificou no MPS. BR Nível G, com consultoria da Quality Focus, de Belo Horizonte.

A avaliação foi concluída em 28 de dezembro de 2012, seguindo o método MA-MPS.  

“A melhoria de nossa eficiência operacional no desenvolvimento de projetos de software é uma meta estratégica. No ano passado, selecionamos a conquista desta certificação como a ação a ser realizada neste sentido”, declara Petrônio Spyer Prates, diretor de Operação da empresa.

O nível G do MPS.BR em software já é detido por outras companhias do país, como as gaúchas Plugar e Millenium.

Em serviços, a S2 IT, de Ribeirão Preto, afirma ser a única a deter a titulação neste nível.

Em outubro de 2012, o MPS.BR somava 197 avaliações vigentes em todo o Brasil, cada uma válida por três anos.

Desde o início do programa MPS.BR, já foram realizadas 372 avaliações MPS.BR em todo o país.

A Concert mantém centros de controle com tecnologia própria em diversas concessionárias de distribuição de energia do país, como AES Eletropaulo, Cemig e Light, o que equivale a gerenciar o fornecimento de energia para cerca de 25% dos brasileiros.

Veja também

Concert: nova versão de scada para utilities

A Concert Technologies lança a nova versão de seu software xOmni, voltado ao setor energético.

Conforme divulgado pela companhia, a plataforma é a primeira do gênero “scada” a permitir completa integração aos principais requisitos do conceito smart grid.

CERTIFICAÇÃO
Stefanini: MPS.Br A e C em três fábricas

Unidade de Jaguariúna, em São Paulo, recebeu o nível A, e fábricas do Distrito Federal, levaram o nível C.

EXPANSÃO VIA WEB
MPS.BR estreia provas virtuais na AL

MPS.BR fez as primeiras provas virtuais de cursos oficiais, com base em plataforma criada pela PUC-RS.

MPS-SW
MPS.BR chega a 400 avaliações de Software

Das 400 avaliações, 100 ocorreram nos últimos 12 meses. A 400ª avaliada é a paranaense Sinetic.

A PRIMEIRA
S2 IT é MPS.BR Services nível G

Empresa de Ribeirão Preto é a primeira de projeto piloto da Softex a obter o selo nível G na modalidade de serviços.

QUALIDADE
Software Process: MPS.BR na Caixa

A área de sistemas para loterias da Caixa Econômica Federal acaba de receber o nível F do modelo de qualidade de software MPS.BR.

CERTIFICAÇÃO
Softsul promeve workshop MPS.BR

Nos dias 22, 25, 26 e 27 de junho a Softsul realiza o Workshop Melhoria de Processos de Software nas cidades de Passo Fundo, Santa Maria, Porto Alegre e Pelotas. Os cursos são gratuitos.

O objetivo é apresentar o Projeto MPS.BR às empresas gaúchas interessadas na implementação do Modelo MPS.BR, visando aumentar a competitividade e sua inserção no mercado nacional e internacional.

ENTREGA DO CANUDO
Caxienses recebem certificado MPS.BR

As caxienses Effective Gestão Empresarial, Guardian Tecnologia da Informação e Millennium Software – Gestão Empresarial receberão oficialmente a sua certificação do programa MPS.BR no próximo dia 28.

O certificado será entregue pela Trino Polo, juntamente com a Softex.

Projeto subsidiado em 40% pela Softex e 60% pelas empresas, o modelo MPS.BR reúne normas nacionais e internacionais que norteiam a qualificação das empresas de software do país.

Cinco gaúchas implementam MPS.BR

Cinco empresas gaúchas associadas ao Trino Polo vão participar do projeto de implementação do modelo MPS.BR, da Aepolo,  na Serra.

Acate: MPS.BR subsidiado em SC

A Acate está procurando empresas interessadas em certificar seu processo de desenvolvimento de software dentro dos parâmetros do MPS.BR.