QUALIDADE

Pandorga é MPS.BR nível F

18/02/2014 15:54

Equipe da Pandorga. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Pandorga, empresa de software Microsoft e soluções mobile sob demanda de Porto Alegre, acaba de certificar-se MPS.BR nível F.

A avaliação foi feita pela Software Process, após consultoria da Engsoft.

“Investir na qualidade do processo de desenvolvimento de software é a base para fortalecer o posicionamento global da empresa, impactando positivamente nas operações aqui no Brasil e também na Europa”, explica a coordenadora do projeto, Francielle Castilhos.

Sediada no Tecnopuc, a Pandorga tem operações em Porto Alegre e em Londres, no Reino Unido.

Fundada em 2006, a empresa atende a clientes nacionais como TV1.com, de São Paulo, e estatais gaúchas como a Secretaria da Fazenda e Polícia Civil.

O modelo de qualidade de software brasileiro certifica a maturidade dos processos de desenvolvimento das empresas de G até A, o nível máximo. 

O Brasil conta hoje com 500 empresas avaliadas em algum estágio do modelo, a maior parte delas entre G e F.

Veja também

OPERAÇÃO INGLATERRA
Pandorga: TI gaúcha para inglês ver

Empresa do Tecnopuc conta as vantagens, obstáculos e impulsos de uma startup em busca do sucesso no mercado europeu.

QUALIDADE
Kbase recebe selo MPS.BR nível G

Empresa conquistou selo com consultoria da Engsoft e avaliação da Software Process.

GUARDIÃO
Dígitro é a 2ª certificada Certics

A plataforma Intelletotum, base do Guardião, terá vantagens em licitações públicas.

EXPORTAÇÕES
Softex abre escritório em Singapura

Foco da companhia é gerar negócios no mercado asiático e também no Oriente Médio.

GRC
Módulo é a 1ª no Certics

Empresa carioca de segurança da informação é a primeira do país receber o selo, com o qual terá vantagens em licitações públicas.

QUALIDADE
SoftDesign é a 1ª MPS.BR nível E do RS

A implementação foi realizada pela Engsoft, dentro do projeto Cooperativa MPS.BR organizado pela Softsul.